iFolha - Técnica em enfermagem da Santa Casa foi a primeira a ser vacinada em Olímpia

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 09 de Março de 2021
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 08/03/2021
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 23 de Janeiro, 2021 - 16:44
Técnica em enfermagem da Santa Casa foi a primeira a ser vacinada em Olímpia

HABEMUS VACINA?
Quedima de Moraes, de 52 anos, que trabalha na Sta. Casa há 29 anos, foi a primeira a ser vacinada. Chegaram apenas 640 doses e Olímpia tem 1500 profissionais de Saúde para receber a vacina.

 

CLIQUE E ASSISTA AO VÍDEO DO PROGRAMA NO YOUTUBE         

DA REDAÇÃO COM ASSESSORIA
A técnica de enfermagem, Quedima de Moraes, de 52 anos, que atua na Santa Casa de Misericórdia há quase 30 anos, foi a primeira moradora de Olímpia, integrante do grupo profissionais da Saúde a receber uma das 640 doses recebidas pelo município no início da tarde de quarta-feira, 20.

Quedima, que nesta pandemia tem trabalhado diretamente no setor de Covid que funciona no segundo andar da Santa Casa de Olímpia, inclusive contraiu o vírus e faz parte dos mais de 3,7 mil olimpienses curados.

A aplicação da primeira vacina, realizada no auditório da Santa Casa na manhã desta quinta-feira, 21, foi acompanhada pelo deputado federal, Geninho Zuliani; pelo prefeito Fernando Cunha; pelo vice-prefeito e diretor técnico do hospital, Fábio Martinez; o provedor, Luiz Alberto Zaccarelli; o presidente da Câmara, José Roberto Pimenta (Zé Kokão); o presidente da rede nacional de Consórcios Públicos, Victor Borges; o secretário municipal de Saúde, Marcos Pagliuco; servidores da Vigilância Sanitária, funcionários da Santa Casa e veículos de imprensa.

GENINHO RESSALTA TRABALHO DO BUTANTAN

A presença do deputado federal Geninho, além de sua forte ligação com Olímpia, se torna ainda mais importante porque o parlamentar é relator da Medida Provisória 1.003/20, que recomendou a produção e aquisição de vacinas nacionais para prevenção e combate ao Coronavírus, como é o caso da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan.

Durante o ato, Geninho destacou o trabalho de São Paulo junto ao enfrentamento da pandemia e a importância da vacinação. “A vacina do Butantan é uma conquista de São Paulo e do Brasil, de um instituto que se esforçou para termos um imunizante o quanto antes e, hoje, vemos as cidades do país recebendo essas doses. São Paulo tem trabalhado para garantir atendimento a todos que precisam e essa vacina é a esperança de que nós tenhamos dias melhores, de que evite perder amigos, familiares, que não tenhamos casos graves que necessitem de acompanhamento hospitalar. Estou muito feliz aqui hoje e quero parabenizar o Fernando pelo trabalho que tem feito na saúde na cidade, no enfrentamento da Covid, e dizer que este é somente o início da campanha, que começa pelos profissionais que estão à frente e que precisam estar protegidos para continuar cuidando de todos”, ressaltou o deputado.

CUNHA PEDE PACIÊNCIA PARA A POPULAÇÃO

O prefeito Fernando Cunha fez um novo apelo à população sobre o agravamento da pandemia e pediu a colaboração de todos. “Infelizmente a Covid ainda está presente e voltou forte, com grande ocupação dos hospitais, por isso, não é momento de relaxar. Peço para que todos colaborem. Estamos aqui hoje para comemorar a chegada da vacina, que é uma luz no túnel escuro que estamos atravessando, mas até termos uma parcela significativa da população vacinada insisto para que todos tenham um pouco mais de paciência e cuidado. Agradeço também ao Governo do Estado e ao Instituto Butantan, que mostrou sua competência para produzir essa vacina. Começaremos a vacinação aqui na Santa Casa, que tem sido fundamental em salvar vidas, representada pela Quedima, uma funcionária que passou uma vida aqui no hospital e merece essa homenagem. Vamos continuar a luta, mas a esperança chegou”, declarou.

Após a aplicação da primeira dose, a técnica de enfermagem imunizada recebeu, das mãos das autoridades presentes, a carteirinha que atesta a vacinação. Logo em seguida, a equipe da Vigilância Epidemiológica deu sequência à imunização dos demais profissionais de saúde que atuam na Santa Casa.

VACINÔMETRO MARCAVA 287 NA SEXTA-FEIRA

Por volta das 16 horas da sexta-feira, 22, no “vacinômetro” no site da prefeitura aparecia que 287 profissionais da Saúde já haviam sido vacinados.

Segundo informações da assessoria da prefeitura, pelo quadro que está se apresentando de obtenção dos imunizantes, não será possível seguir as datas previstas no plano de vacinação de São Paulo.

“O que chegar vai sendo vacinado pela ordem de prioridade. Profissionais de saúde (linha de frente); profissionais de saúde da rede pública e particular; e assim por diante”, explicou a assessoria.

PROFISSIONAIS DA SAÚDE SÃO OS PRIORITÁRIOS

Ao todo, o município recebeu 640 doses na primeira remessa que chegou na quarta-feira e será destinada prioritariamente aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente da Covid-19, como é o caso da Santa Casa, Gripário, UPA e também enfermeiros do Abrigo São José, cuja vacinação será feita pela equipe volante da secretaria de Saúde.

Serão aplicadas todas as 640 doses em 640 pacientes e o município vai esperar que uma nova remessa venha a tempo de fazer a dose de reforço nestes primeiros vacinados. A vacina necessita da aplicação de uma segunda dose do mesmo imunizante no prazo máximo de 28 dias para não perder o seu efeito.

CIDADE TEM 1500 PROFISSIONAIS DA SAÚDE

O caminhão do Governo do Estado com as doses chegou a Olímpia no início da tarde de quarta-feira, 20 e foi recebido por vários funcionários da saúde que comemoraram a chegada.

Seguindo as orientações dos órgãos de saúde, a estratégia é priorizar a imunização dos profissionais que atuam diretamente no combate ao vírus e à medida que novas doses forem disponibilizadas, estender a vacinação para os demais profissionais de saúde, da rede pública e privada. O levantamento do município estima cerca de 1.500 trabalhadores da área, no total.

Os demais grupos de risco serão imunizados conforme recomendação do Estado e do Ministério da Saúde e todas as informações serão comunicadas à população.

A partir de quinta-feira, 21, com o início da campanha, o Portal Oficial da Prefeitura, www.olimpia.sp.gov.br, passou a disponibilizar também um “Vacinômetro” para que os moradores possam acompanhar com o andamento da vacinação na cidade.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
08 de Março, 2021
Alanis Guillen - 42
08 de Março, 2021
A busca pelos contornos definidos - 39
08 de Março, 2021
Baby Me Atende - Matheus Fernandes e Dilsinho - 40
08 de Março, 2021
Amor Proibido - 43
08 de Março, 2021
Filé de Peixe Grelhado Com Legumes - 45


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       


















Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites