iFolha - Promotora diz que a eleição do Tutelar não será anulada

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 09 de Dezembro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 09/12/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 01 de Dezembro, 2019 - 16:27
Promotora diz que a eleição do Tutelar não será anulada

Promotora garante que se forem apuradas irregularidades entrará com representação na justiça pela cassação de candidatos.

A promotora da Infância e Juventude, Maria Cristina Geraldes Fochi Reis, declarou na sexta-feira, 29, que não existe a possibilidade de anulação da eleição do Conselho Tutelar realizada em 06 de outubro último, mesmo com as diversas denúncias de irregularidades na eleição mais bizarra da história dos Conselhos e que pode ser considerado um verdadeiro acinte e imposição da ilegalidade goela abaixo da população.

Ao ser perguntada se é possível a anulação toda da eleição, a promotora disse que só seria cabível a anulação da eleição se fossem verificadas irregularidades na questão do pleito em si. O que o Ministério Público está investigando no momento, segundo ela, são algumas questões e dentre elas estão a possível compra de votos e transporte de eleitores para a votação.

No entanto, alertou que mesmo que eleitos, e mesmo que tomem posse no dia 10 de janeiro, se confirmadas as irregularidades, os candidatos poderão ter o mandato cassado.

A promotora explicou que está trabalhando num inquérito que investiga possíveis irregularidades nas eleições do Conselho Tutelar de Olímpia. Destacou ainda que tem em mãos vários vídeos, áudios e fotos levados por ex-candidatos aos cargos e que ouviu na semana passada cinco testemunhas; ontem, sexta-feira, 29, tinha marcada a oitiva de mais cinco; na próxima segunda, dia 2/12, mais cinco; e na quinta-feira dia 5/12, deve ouvir mais 3 testemunhas.

Segundo Maria Cristina, possivelmente até dia 6 de dezembro, se houver indícios de fraude por parte de algum candidato, ela representará contra ele (ou eles) na justiça.

A ELEIÇÃO

Como se recorda, numa eleição conturbada, cheia de acusações de irregularidades estampadas no Fa­cebook, o Conselho Tutelar de Olímpia que deverá representar as crianças e a­dolescentes de 2020 até 2023, teve como resultado a seguinte classificação:

Primeiro lugar, Cíntia Ba­lieiro, com 563 votos; em segundo, Lucimara Batista, 457 votos; 3º, Marilene Bau, 376 votos; 4º, Rosân­gela Salomão, 375 votos; em 5º, Daniel Garcia, 363 votos.

Ficaram na suplência, em 6º, Ana Rita de Souza - 299 votos; em 7º, Patrícia Cezário - 292 votos; em 8º, Márcia Montanhini - 281 votos; em 9º, Gabri­elle Pimenta - 175 votos; em 10º Vanessa Monta­nha­ni - 160 votos.

A votação aconteceu entre 08 e 17 horas do dia 06 de outubro na E.E. Dona Anita Costa e nos distritos de Ribeiro de Santos e Baguaçu os eleitores votaram nos Núcleos Assisten­ciais.

O resultado da apuração, que aconteceu na escola Anita Costa, saiu às 22h10, do mesmo dia. No total, 4.775 pessoas, mais de 10% do total de eleitores de Olímpia, 41.477 eleitores, número superior a 64% em relação à eleição anterior (2.898 eleitores), compareceram para votar nas 14 urnas do Anita Costa e uma em cada distrito e escolher seu candidato entre 30 concorrentes.

CONSELHOR REFERENDOU ELEIÇÃO

A última informação divulgada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA no começo de novembro dava conta de que um relatório que considerava válida a eleição para o Conselho Tutelar realizada em 06 de outubro último.

Na mesma divulgação existia a informação de que seria aberto novo prazo para recursos. Mas até o momento nada foi divulgado dando conta do encerramento do processo na esfera administrativa.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
09 de Dezembro, 2019
Possível obra mal feita faz surgir mais um afundamento agora na Waldemar - 36
09 de Dezembro, 2019
Talitha Pereira, atriz olimpiense que brilha desde sempre - 37
08 de Dezembro, 2019
Mais uma vez e sempre será! Comemoração em dose de amor dupla! - 101
08 de Dezembro, 2019
French Batata´s comemora seu primeiro ano! - 95
08 de Dezembro, 2019
Carpe Diem, Pizzaria e Cantina Italiana: o lugar certo para suas comemorações! - 108


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites