iFolha - Promotor abre inquérito para apurar improbidade administrativa do atual presidente da Câmara local

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 02 de Abril de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 01/04/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 02 de Fevereiro, 2020 - 19:47
Promotor abre inquérito para apurar improbidade administrativa do atual presidente da Câmara local

INCOMPATIBILIDADE DOS CARGOS!    Documento mostra que clube teria recebido mais de R$120 mil até o início de 2018.

O inquérito foi aberto em 22 de janeiro último e Niquinha já estaria sendo intimado.

O Ministério Público de Olímpia abriu no último dia 22 de janeiro, um inquérito civil para apurar possível improbidade administrativa cometida pelo vereador Antônio Delomodarme, que acumulava a função de presidente do Olímpia Futebol Clube, onde atualmente é diretor de futebol, e também contra o prefeito, a prefeitura e o próprio clube de futebol.

Para justificar a portaria de abertura do inquérito, o promotor de Justiça André Luís de Souza resume que vai apurar a incompatibilidade da função para o exercício do cargo de vereador e presidente do Olímpia Futebol Clube, com recebimentos de recurso públicos, causando prejuízo ao erário e quebra dos princípios do direito administrativo.

A representação contra o vereador acusa incompatibilidade profissional. Na peça existem afirmações de que possam existir suspeitas de irregularidade no pagamento de benefícios e incentivos à agremiação pela prefeitura da cidade.

O promotor recebeu ata de reunião do clube com a nomeação de Delomodar­me como presidente.

“Além disso, a representação indica que o estádio municipal está sendo gerido pelo próprio clube Olímpia FC (o qual tem foro e sede no prédio público), onde a prefeitura cede servidores públicos para a manutenção, bem como que o clube, através do seu presidente, o está gerindo como lhe aprouver, com a cessão de espaços para bares em dias de jogos, tendo a filha e o genro do vereador Antônio, como responsáveis pelo lucro da venda de produtos”, diz Souza na portaria que abre a investigação.


 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
01 de Abril, 2020
Juíza nega liminar para incluir hotel de Olímpia como atividade essencial durante a pandemia - 223
01 de Abril, 2020
Jovem de 27 anos é nova suspeita de ter contraído o novo coronavírus em Olímpia - 163
31 de Março, 2020
Olímpia passa três dias seguidos sem novos suspeitos do novo coronavírus - 117
31 de Março, 2020
Terceiro lote de vacinas da gripe esgotam no meio da tarde de terça - 426
31 de Março, 2020
Prefeito explica medidas envolvendo servidores, anuncia doação do próprio salário e compra de testes para coronavírus - 131


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       














Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites