iFolha - Prefeitura teria cedido ônibus em péssimo estado para levar alunos a Ribeirão Preto

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Novembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/11/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 03 de Novembro, 2018 - 20:56
Prefeitura teria cedido ônibus em péssimo estado para levar alunos a Ribeirão Preto

A Prefeitura Municipal de Olímpia, através da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, teria cedido um ônibus muito velho e sem condições de viajar, para que a Escola Estadual Dalva Vieira Ittavo, levasse seus alunos até a cidade de Ribeirão Preto, cerca de 150 quilômetros de Olímpia, para que conhecessem a Universidade de São Paulo (USP). A viagem que terminou com um pneu furado teria sido realizada na quarta-feira desta semana, dia 31.

De acordo com a informação que chegou à redação através de uma denúncia anônima, a escola teria realizado uma excursão com alunos do 1.º, 2.º e 3.º anos do Ensino Médio, que teriam sido acompanhados por três professores responsáveis pelos mesmos.


Segundo a mãe de um deles, que inclusive encaminhou a denúncia, foi solicitada autorização dos pais e a quantia de R$ 5,00 cada um para viajarem para a cidade de Ribeirão Preto, utilizando ônibus da prefeitura fornecido através da Secretaria de Assistência Social de Olímpia com destino a conhecer a USP. Porém, os alunos foram com um ônibus em péssimas condições de viagem, ônibus velho e sem estepe.

Essa mãe relata que os alunos até chegaram à USP, mas na volta para Olímpia, quando chegavam próximo a cidade de Cajobi, um dos pneus do ônibus furou e, como não tinha o estepe, o motorista conduziu a viagem até chegar na Escola Dalva Vieira Ittavo, com o pneu furado.

“Para mim isso foi um absurdo. Falta de respeito com os alunos e ainda segundo informações da escola os R$ 5,00 que os alunos pagaram foi para pagar o motorista da Prefeitura e o pedágio”, disse essa mãe.

E acrescentou: “convenhamos todos os 40 alunos e os professores correram risco de vida na estrada vindo com um ônibus em péssimas condições de transporte”.

OUTRO LADO

Procurada, a assessoria divulgou uma nota na qual a Secretaria de Assistência Social de Olímpia, além de negar qualquer responsabilidade, esclarece que cedeu um ônibus para a Escola Estadual Dalva Vieira Ittavo em totais condições de segurança e provido de todos os equipamentos obrigatórios para o transporte coletivo.

Alega também que a imputação de que o veículo não continha pneu estepe é inverídica. O que ocorreu é que, no regresso ao município, o pneu furou e como não havia local seguro para estacionar o veículo e realizar a troca o motorista conduziu o ônibus até Olímpia.

Também segundo a nota, a Divisão de Frotas vistoriou o veículo tanto antes quanto após a viagem dos alunos. Já sobre o valor cobrado dos alunos foi idealizado pela Escola, não tendo ligação com a Secretaria de Assistência Social.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Novembro, 2018
Thermas dos Laranjais é a 4.ª melhor do Brasil em gestão de pessoas do “Valor Econômico” - 184
13 de Novembro, 2018
3.º Jantar Beneficente em prol da Santa Casa lota o salão social do Thermas dos Laranjais - 229
13 de Novembro, 2018
Geninho entra com Habeas Corpus para não quebrar o seu sigilo bancário e fiscal - 408
12 de Novembro, 2018
O caos na Saúde pública local e a miopia de quem se nega a ver - 136
12 de Novembro, 2018
Tratando a pele do modo certo - 97


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites