iFolha - Escolinha de educação infantil Vovó Maria Nazareth vai fechar em 2020 na zona leste

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 23 de Janeiro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 20/01/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 08 de Dezembro, 2019 - 18:14
Escolinha de educação infantil Vovó Maria Nazareth vai fechar em 2020 na zona leste

Sexta-feira, 6 foi o último dia de atividade com os alunos deste ano.

A escola de educação infantil Vovó Maria Naza­reth de Olímpia encerra o ano letivo de 2019 com o anúncio de que não retomará as atividades em 2020, deixando de atender cerca de cinquenta crianças do período jardim I e jardim II residentes nos bairros Jardim Alvorada, Santa Fé e adjacências.

O anúncio foi feito na sexta-feira, dia 6 de dezembro, pela diretora Keylla Teixeira de Oliveira Tizatto (foto), dizendo que foi uma decisão feita pelo presidente da entidade, João Carlos Nazareth.

A diretora alega que o que inviabilizou a escola foram os custos. “Uma escola de educação infantil de período integral, das 7 às 4 horas tem um custo elevado e mesmo com a ajuda razoável da prefeitura não era suficiente para cumprir com as despesas e o presidente então completava essa verba todo o mês”, explicou.

PREFEITURA REPASSAVA R$ 24 MIL

De acordo com Keylla, a Prefeitura passava repassava mensalmente R$ 24.250,00 e o presidente, João Carlos Nazareth cobria a diferença dos custos que era de quase 25 mil por mês, fechando o mês com um custo de quase 50 mil.

“Nós somos uma escola de período integral, então, aqui nós oferecemos quatro refeições de primeira qualidade e temos uma estrutura, um prédio muito grande, muito bem equipado. Então, são gastos necessários para uma escola de educação infantil no qual a gente sempre quis fazer o melhor para as crianças”, complementou.

E continuou: “Este é o nosso ultimo ano. Nós estamos fechando já, conversamos com a secretaria e já estamos encaminhando as crianças para escolas municipais. São 50 crianças do Jardim I e Jardim II atendidas em período integral. E para isso trabalhamos até agora com 13 funcionários”.

Sobre a reação dos pais ela disse que foi de tristeza. “Até para nós, primeiramente, pelo amor que a gente tem pelas crianças, um trabalho feito com muito amor, muito zelo. A reação dos pais foi de surpresa e de tristeza. Mas eu sei que os alunos vão ser muito bem recebidos, porque as escolas municipais são excelentes. Tenho certeza que a educação municipal vai continuar o trabalho que está sendo feito aqui.

O local que é bem amplo, embora a diretora ainda não saiba quais são os planos da igreja Adven­tista, mas acredita que o espaço deverá ser aproveitado para outros projetos educacionais.

A escola que funcionou por sete anos encerrou as atividades com os alunos na sexta-feira, dia 06 e levará alguns dias para encerrar a parte burocrática, inclusive porque os funcionários estão de aviso prévio.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
20 de Janeiro, 2020
Felizes - 85
20 de Janeiro, 2020
Uma fruta muito poderosa - 139
20 de Janeiro, 2020
A rainha da sofrência lançou o single “Graveto” - 119
20 de Janeiro, 2020
O filme Dor e Glória já está disponível! - 119
20 de Janeiro, 2020
Torta de Maçã - 82


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




















Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites