iFolha - 20 de Janeiro: Dia do Fusca

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 09 de Março de 2021
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 08/03/2021
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 19 de Janeiro, 2021 - 06:55
20 de Janeiro: Dia do Fusca

17/01

- Dia dos Tribunais de Contas do Brasil

- Morte de Joaquim Nabuco (1910)

- Morte do educador Abílio César Borges (Barão de Macaúbas) – 1891

 

18/01

- Castro torna-se sede da capital do Paraná (1894)

- É editado o "Catecismo Menor", de Martinho Lutero (1529)

 

19/01

- Morte do Marechal Cândido Rondon (1958)

- Morte do poeta Alberto de Oliveira (1937)

 

20/01

- Criação do Ministério da Aeronáutica (1941)

- Dia do Farmacêutico

- Início do combate para a expulsão dos franceses do Brasil (1567)

- Nascimento de Euclides da Cunha (1866)

- Oficialização do Hino Nacional Brasileiro pelo Decreto nº 171 (1890)

- Dia do Museu de Arte Moderna do RJ 

- Dia do Fusca

 

21/01

- Dia Mundial da Religião

- Morte de Aluísio Azevedo (1913)

- Nascimento do pintor Antônio Parreiras (1864)

 

22/01

- Chegada de D. João VI à Bahia (1808)

- Fundação de São Vicente, primeira vila do Brasil (1532)

- Morte de Benjamin Constant (1891)

- Vitória das armas brasileiras em Taquarembo, na guerra contra Artigas (1820)

 

23/01

- Chegada do Conde Maurício de Nassau em Pernambuco (1637)

- Criação da Escola Militar (1855)

 

Até hoje o Fusca é o modelo de carro que mais vendeu. No Brasil, a Volkswagen o fabricou até 1996

 

20 de Janeiro: Dia do Fusca

O Volkswagen Fusca foi o primeiro modelo de automóvel fabricado pela companhia alemã Volkswagen. Foi o carro mais vendido no mundo, ultrapassando em 1972 o recorde que pertencia até então ao Ford Modelo T. O último modelo do Fusca foi produzido no México em 2003.

A história do Fusca é uma das mais complexas e longas da história do automóvel. Diferente da maioria dos outros carros, o projeto do Fusca envolveu várias empresas e até mesmo o governo de seu país, e levaria à fundação de uma fábrica inteira de automóveis no processo. Alguns pontos são obscuros ou mal documentados, já que o projeto inicialmente não teria tal importância histórica, e certos detalhes perderam-se com a devastação causada pela Segunda Guerra Mundial.

No início da década de 1931 a Alemanha era assolada por uma dura recessão, e tinha um dos piores índices de motorização da Europa. A maioria de suas fábricas era especializada em carros de luxo, montados à mão, e ainda muito caros. Por isso, e mais uma série de fatores, a ideia de um carro pequeno, econômico e fácil de produzir começou a ganhar popularidade. Era o conceito do "Volks Auto" ou "Volks Wagen", expressões alemãs que traduzem a ideia do "carro popular".

A partir de 1950, o Fusca começou a ser importado para o Brasil. No dia 11 de setembro de 1950 desembarcaram no porto de Santos 30 Volkswagens e permaneceram por lá em exposição. O sucesso foi imediato, os veículos avaliados em CR$ 20.000,00 (vinte mil cruzeiros), foram vendidos pelo extraordinário valor de CR$ 60.000,00 (sessenta mil cruzeiros) cada um. O modelo importado era o conhecido "Split Window", com vidro traseiro dividido em dois, modelo Export; havia o Standard, mais simples, nunca trazido para o Brasil.

Em 1986 a Volkswagen desistiu de fabricá-lo no Brasil, alegando que era um modelo muito obsoleto, apesar de ser ainda um dos doze carros mais vendidos daquela época. Em 1993, por sugestão do então presidente Itamar Franco a empresa voltou a fabricar o modelo. Itamar queria a fabricação de carros populares e sugeriu que o Brasil precisava de um carro como o Fusca. Foi aprovada então a Lei do Carro Popular, que previa isenções de impostos para os carros com motor 1.0 e também para os que tivessem com refrigeração a ar. O carro vendeu muito menos que da meta esperada pela Volkswagen. Em 1996, a empresa deixou de produzir novamente o carro, com uma série especial denominada Série Ouro. A partir daí, ele só seria produzido no México. Nesse segundo período, foram produzidos no Brasil cerca de 47.000 exemplares.

Para os brasileiros, o Dia do Fusca ocorre todo dia 20 de janeiro, sendo em vários centros urbanos comemorado com eventos e festas por amantes e colecionadores deste modelo.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
08 de Março, 2021
Alanis Guillen - 46
08 de Março, 2021
A busca pelos contornos definidos - 42
08 de Março, 2021
Baby Me Atende - Matheus Fernandes e Dilsinho - 45
08 de Março, 2021
Amor Proibido - 46
08 de Março, 2021
Filé de Peixe Grelhado Com Legumes - 48


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       


















Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites