iFolha - “Gênesis”, a nova superprodução da Record TV

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 22 de Abril de 2021
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 21/04/2021
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 19 de Janeiro, 2021 - 07:57
“Gênesis”, a nova superprodução da Record TV

1- Noé (Oscar Magrini) é um homem íntegro e reto escolhido por Deus para dar continuação à humanidade depois do dilúvio

 

2- Gomer (Giuseppe Oristanio) vai transmitir a mensagem de que Deus está acima de todas as coisas.  Ele considera a construção da Torre um desafio, uma afronta ao poder de Deus

 

3- Ninrode (Pablo Morais) é o jovem idealizador na Torre de Babel e é muito próximo de Gomer (Giuseppe Oristanio), que se torna seu mentor, apesar de ser contra a construção da Torre

 

4- Semíramis (Francisca Queiroz) é uma das vilãs de “Gênesis”. Manipuladora, a personagem terá uma relação possessiva e controladora com o filho Ninrode (Pablo Morais)

 

5- Cena na qual Ayla (Elisa Pinheiro) e seu marido Ló (Emílio Orciollo Netto) protagonizam um dos momentos mais marcantes da história, quando fogem da destruição de Sodoma e Gomorra

 

“Gênesis”, a nova superprodução da Record TV

Emissora pretende bater novos recordes de audiência com a estreia da nova novela bíblica que terá mais de 250 atores

 

A Record TV promete mais uma produção cinematográfica a partir desta terça-feira, dia 19, quando às 21 horas colocará no ar “Gênesis”, a novela que pretende abordar os primórdios da humanidade, baseado no primeiro livro bíblico do Antigo Testamento, o Gênesis. A trama está sendo escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção geral de Edgard Miranda.

Dividida em sete fases, a novela possui mais de 250 atores no elenco. A primeira fase vai abordar a criação da Humanidade com Adão e Eva e seus filhos. Na sequência, o telespectador será levado para Noé e o dilúvio, através da construção da arca. Depois virá a Torre de Babel. A trajetória de Abraão será conhecida na quarta fase. Isaque e Rebeca é o tema da quinta fase. Depois, um dos filhos deles, Jacó. E, por fim, José do Egito.

As gravações de “Gênesis” foram realizadas em diversas cidades do Brasil e no exterior, no Marrocos. Devido à pandemia as cenas estão sendo feitas obedecendo aos protocolos de segurança de prevenção à Covid-19.  Para as gravações também foi construída uma cidade cenográfica de cerca de 11 mil metros quadrados. As instalações, montadas nos estúdios da emissora no Rio de Janeiro, têm no total 8 cidades, 66 cenários, 98 ambientes e 26 tendas interiores.

“Gênesis” promete emocionar com a narrativa, que conta a história dos primeiros dois mil e trezentos anos da humanidade. O enredo começa com a história do primeiro casal, Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller) mostrando o romance puro e perfeito que se transformou em um relacionamento carregado de mágoas e pensamentos falhos a respeito do sexo oposto.

Na segunda fase, Oscar Magrini será o intérprete de Noé. O ator comentou que se emociona só de se lembrar das gravações das cenas. Para Magrini, uma dos momentos mais difíceis de serem gravados foi quando a porta da Arca se fecha. A voz do ator embarga ao descrever as filmagens.  "Nenhuma cena é fácil, porque tem que fazer o melhor de você. Mas, particularmente, a cena em que Deus fecha a Arca. Porque Deus fecha a Arca e, depois de nove meses, Deus abre a Arca. Foi uma coisa emocionante. Eu me emociono de falar... A água vai enchendo aquele 'Grand Canyon' e a Arca começa a levantar. É uma coisa emocionante ver as pessoas gritando, querendo salvar suas vidas, não acreditaram em Deus, e Ele acabou com a humanidade. Então, é uma cena muito bonita, muito emocionante", revela. 

Com personagens marcantes ao longo de mais de 40 anos de carreira, o ator Giuseppe Oristanio se prepara para interpretar o caçador de Sinear, Gomer, na terceira fase da “Gênesis”. Giuseppe contou que o personagem é um homem sensato, temente a Deus e que vai tentar impedir a construção da Torre de Babel. Para o ator, Gomer vai transmitir a mensagem de que Deus está acima de todas as coisas. "Ele considera a construção da Torre um desafio, uma afronta ao poder de Deus. Minha identificação com o personagem é a necessidade e a preocupação de fazer com que os filhos sigam o melhor caminho", comentou. 

Em sua primeira novela na Record TV, o ator Pablo Morais dará vida ao charmoso e envolvente Ninrode, o idealizador na Torre de Babel.  Filho de Cuxe (Marcelo Galdino) e Semíramis (Francisca Queiroz), o jovem é muito próximo de Gomer, que se torna seu mentor, apesar de ser contra a construção da Torre. "Minha trajetória é de luta e superação, muito parecida com a de Ninrode. O personagem me fez crescer como pessoa e ator”, contou.  O ator fez aulas de luta, parkour, arco e flecha, lança e até aprendeu a construir tijolos para interpretar personagem. Pablo ainda contou com o auxílio do historiador Maurício dos Santos durante o processo de preparação para viver o descendente direto de Cam (Vinícios Redd). "O Ninrode é sonhador, batalhador e não desiste do que ama", completa.

A história contará também com diversos vilões que deixarão a trama mais intensa. Francisca Queiroz, por exemplo, viverá a vilã Semíramis, que terá uma relação possessiva e controladora com o filho Ninrode, e o usará para alcançar os objetivos, inclusive para construir a Torre de Babel. “Ela não tem limites algum. É uma mulher capaz de usar o próprio filho para ter destaque e soberania naquela sociedade. Ela é cruel mesmo, capaz de matar e torturar por motivos banais”, ressalta Francisca. 

Na fase de Abraão (Zécarlos Machado), o ator Emílio Orciollo Netto viverá o personagem Ló, esposo de Ayla (Elisa Pinheiro). O casal protagonizará um dos momentos mais marcantes da história, quando fogem da destruição de Sodoma e Gomorra.   

Daniel Figueiredo criou uma trilha sonora especialmente para a novela. O profissional coleciona trabalhos de sucesso na emissora, como “José do Egito”, “Os Dez Mandamentos”, “Jezabel”, e já escreveu milhares de canções. O músico acredita que a trilha auxilia a contar a história: "Com certeza, com ‘Gênesis’, eu baterei meu próprio recorde de quantidade de canções produzidas para uma novela", afirma Daniel.

A trama promete surpreender os espectadores pela qualidade das cenas, que têm recebido tratamento de cinema no processo de finalização. O diretor Edgard Miranda explicou que por se tratar de uma história bíblica, o estilo cinematográfico é mais adequado: “Era outra luz na época, hábitos, costumes, todo ambiente, maneira de marcação dos atores, misancene (encenação/posicionamento de cena)... É uma outra linguagem, completamente diferente”, declarou em entrevista ao portal R7.

“Gênesis” tem tudo para ser uma superprodução que deverá agradar ao telespectador fã das novelas bíblicas da Record TV. O investimento é alto e os profissionais envolvidos na produção são de primeira e tanto investimento com certeza deverá surtir efeitos positivos na guerra da audiência.

 

 

 

 


 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
21 de Abril, 2021
Emagreça com alegria! - 71
21 de Abril, 2021
Tranquilita - Zé Felipe e Virginia Fonseca - 69
21 de Abril, 2021
Uma Mulher Inesquecível - 71
21 de Abril, 2021
Lasanha Quatro Queijos - 83
21 de Abril, 2021
A fundação de Brasília - 68


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       














Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites