iFolha - “A Força do Querer” volta nesta segunda na tela da Globo

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 30 de Outubro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 29/10/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 21 de Setembro, 2020 - 16:52
“A Força do Querer” volta nesta segunda na tela da Globo

1- Caio (Rodrigo Lombardi), advogado de formação, largou a possibilidade de administrar uma grande empresa quando Bibi (Juliana Paes) terminou o relacionamento com ele / Raquel Cunha-RG

 

2- Após abandonar o noivo, Bibi (Juliana Paes) 
protagoniza uma história de amor idealizada por ela com Rubinho (Emílio Dantas), mas essa relação a levará para caminhos tortuosos / Raquel Cunha-RG

 

3- Rubinho (Emílio Dantas) quer dinheiro e poder e para conquistar seu sonho, se envolverá no mundo do crime, levando junto Bibi (Juliana Paes), que se tornará a Bibi Perigosa / Raquel Cunha-RG

 

4- Ritinha (Isis Valverde) é praticante de sereismo. Na foto da época das gravações, a atriz aparece vestida de sereia, sendo carregada por Marco Pigossi, que interpretou o personagem Zeca / Estevam Avellar-RG

 

5- Ruy (Fiuk) é um rapaz alegre, bem-humorado, que vive sem grandes preocupações 
e está de casamento marcado com Cibele (Bruna Linzmeyer), até que sua vida vira de cabeça para baixo ao se envolver com Ritinha (Isis Valverde) / Estevam Avellar-RG

 

6- Jeiza (Paolla Oliveira) é policial, trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA / Cesar Alves-RG

 

7- Ivana (Carol Duarte) quer resgatar sua identidade, é um homem que nasceu num corpo de mulher / Estevam Avellar-RG

 

 

Após interromper as gravações de “Amor de Mãe”, devido à pandemia, a Globo optou por reprisar “Fina Estampa” e com o fim da saga de Grizelda (Lilia Cabral) a emissora escolheu “A Força do Querer”, novela de 2017, para entrar no horário. Tramas inéditas, somente no ano que vem. Agora a Globo vai apostar novamente suas fichas na saga de Bibi Perigosa, personagem que marcou a carreira de Juliana Paes.

Escrita por Glória Perez e direção artística de Rogério Gomes, o folhetim mostrou os caminhos de diferentes personagens que se cruzam quando suas trajetórias pessoais os levam ao limite, fazendo-os ultrapassar seus horizontes, desafiar barreiras e vencer conflitos. Nesse percurso, a força do querer de um afeta a força do querer do outro, determinando, assim, os rumos inesperados desta história. Como é comum em seus trabalhos, a autora trouxe temas como a diversidade, a tolerância e as dificuldades de compreender e aceitar o que é diferente de nós. Foi através da saga de seus personagens que a autora levantou discussões muito presentes no mundo contemporâneo, como a identidade de gênero.

E, para contar as histórias com uma boa dose de encantamento e magia, “A Força do Querer” trouxe a riqueza da cultura paraense, a lenda dos botos e das sereias (a personagem de Isis Valverde era praticante de sereismo) e até a sabedoria da tribo indígena Ashaninka, que vive na fronteira do Acre com o Peru. A novela foi gravada durante um mês na região Norte do país, a maior parte do tempo em Vila de Acajatuba, cenário da fictícia Parazinho, que fica a cerca de uma hora de barco de Manaus, e posteriormente nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, cidade a qual serviu de cenário em grande parte do folhetim.

Caio (Rodrigo Lombardi), advogado de formação, largou a possibilidade de administrar uma das maiores empresas do Brasil, a Garcia, quando Bibi (Juliana Paes) terminou o relacionamento com ele. Sem olhar para trás, saiu do Rio de Janeiro para ir se aventurar nos Estados Unidos. Passados quase 15 anos, Caio entende que esse é o momento de voltar ao Brasil e encarar o que deixou para trás. Um homem movido por ideais éticos, que, ao conseguir crescer e ter sucesso em um alto cargo ligado à Justiça vive um grande conflito íntimo ao ver sua vida cruzar novamente com a de Bibi, que terá, então, enveredado pela vida do crime.

Bibi não conseguiu terminar a faculdade de Direito, onde conheceu Caio, mas tem certeza de que fez a escolha certa ao abandonar este homem, que dividiu seu amor por ela com o amor pela profissão. Ela conhece e casa-se com Rubinho (Emílio Dantas). Em certo momento, o casal passa por uma grande dificuldade financeira, mas ela acredita que, se continuarem juntos, tudo vai dar certo. Custe o que custar. E manter acesa essa chama, pode custar muito a Bibi. Rubinho quer esse amor, mas também quer dinheiro e poder.
Agora quem vai administrar a Garcia é Ruy (Fiuk), filho de Eugenio (Dan Stulbach), um dos donos do negócio. O jovem da alta sociedade carioca parece ter a vida organizada: além da posição profissional, está noivo de Cibele (Bruna Linzmeyer), mas fica encantado por Ritinha (Ísis Valverde). Ruy quer essa mulher. Mas não quer abrir mão do noivado e de seu futuro por ela. Ritinha mora no interior do Pará e adora a atenção de Ruy. Flertar com o carioca a faz sentir-se desejada. Apesar de ser noiva de Zeca (Marco Pigossi), um rapaz conhecido por sua boa índole e perdidamente apaixonado por ela, nada a impede de jogar com Ruy. Ritinha gosta de seduzir, conquistar, e isso é instintivo nela. Quer a liberdade de seguir seus impulsos.

No Rio de Janeiro, Zeca conhece Jeiza (Paolla Oliveira), uma mulher diferente de todas as pessoas que ele já conheceu. Jeiza é policial, trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA. Ao ver o sofrimento de Zeca, se aproxima dele e tenta ajudá-lo a esquecer-se de Ritinha.

Enquanto Ruy se prepara para assumir a Garcia, Eugênio, pai do jovem, quer sair do posto de chefia e seguir à tão sonhada carreira de advogado. Joyce (Maria Fernanda Cândido), esposa de Eugênio, é uma mulher que cultua tudo o que diz respeito à beleza e ao feminino. Criou a filha Ivana (Carol Duarte) para vê-la como uma extensão de si própria. Vive seus maiores conflitos e dificuldades quando a menina se revela trans homem. Ivana (Carol Duarte) quer resgatar sua identidade, é um homem que nasceu num corpo de mulher. A relação de Eugênio e Joyce se desestabiliza com a chegada de Irene (Débora Falabella).
As histórias desses personagens se cruzam quando a saga de cada um os leva ao limite e os faz ultrapassar horizontes, desafiar as próprias barreiras e vencer conflitos internos. Com essa edição especial da novela, a Globo pretende repetir o sucesso da exibição original, assim como foi com reprise de “Fina Estampa”.

 

Quem é Quem?!

Ritinha (Ísis Valverde) – Nascida e criada na fictícia Parazinho, desde pequena é fascinada pelas águas do rio. É sedutora, assim como as sereias. Vive a euforia da juventude. Gosta do namorado Zeca (Marco Pigossi), mas deseja experimentar de tudo, conhecer outros lugares, aproveitar o que a vida tem para oferecer. Vai se envolver com Ruy (Fiuk).

Zeca (Marcos Pigossi) – É um jovem de sentimentos intensos, tudo nele é grande e intempestivo: o coração, os gestos, a capacidade de ser tão rude quanto delicado.  

Eugênio Garcia (Dan Stulbach) – Ocupa a diretoria da empresa de alimentos C.Garcia junto com o irmão Eurico (Humberto Martins), mas sonha montar seu escritório de advocacia.

Joyce (Maria Fernanda Cândido) – Esposa de Eugênio (Dan Stulbach), mãe de Ruy (Fiuk) e Ivana (Carol Duarte). É uma mulher requintada, que cultua tudo o que diz respeito à beleza e ao feminino. Viverá seus maiores conflitos quando Ivana revelar que não se enxerga no corpo de uma mulher.

Ruy Garcia (Fiuk) – Rapaz alegre, bem-humorado, que vive sem grandes preocupações e está de casamento marcado com Cibele (Bruna Linzmeyer). Até que sua vida vira de cabeça para baixo ao se envolver com Ritinha (Isis Valverde).

Ivana (Carol Duarte) –  Foi criada para ser a imagem e semelhança de Joyce (Maria Fernanda Cândido), uma mulher extremamente feminina e elegante. Faz o que pode para não decepcionar a mãe, mas quando se olha no espelho, não consegue se reconhecer. Iniciará uma jornada para compreender sua identidade de gênero.

Eurico Garcia (Humberto Martins) – Ocupa a diretoria da empresa de alimentos C.Garcia com o irmão Eugênio (Dan Stulbach).  

Bibi (Juliana Paes) – É uma mulher dependente da adrenalina da paixão. Para ela, o fogo nunca será suficientemente alto. Abandona o noivo Caio (Rodrigo Lombardi), com quem teria um futuro promissor, para protagonizar a história de amor idealizada por ela com Rubinho (Emílio Dantas), com quem se casa e tem o filho Dedé (Gabriel Almeida Bravo). Mas essa relação a levará para caminhos tortuosos.

Rubinho (Emílio Dantas) – É uma espécie de “lobo em pele de cordeiro”. Homem que se mostra romântico, carinhoso, e que parece ser comandado pela mulher, mas na verdade a manipula. Ele alimenta a sede de Bibi (Juliana Paes) por emoções extremas e desse modo a domina.

Jeiza (Paolla Oliveira) – Policial do Batalhão de Ação com Cães e lutadora de MMA. Começa a namorar Zeca (Marco Pigossi) logo depois que ele se muda para Niterói. A personalidade forte, garra e atitude não escondem seu lado sensual e feminino.

Caio (Rodrigo Lombardi) – É um homem sensível, inteligente, culto e apegado aos valores e princípios morais. Seu grande conflito será continuar amando Bibi (Juliana Paes) mesmo depois de ela escolher o mundo do crime.

Heleninha (Totia Meirelles) – É casada com Junqueira (João Camargo), que trabalha na empresa da família, a C.Garcia. Deseja ver o marido ascender socialmente e se incomoda com o comportamento do filho Yuri (Adriano Alves), que só fala com os pais via mensagem de celular e pratica Cosplay,  incorporando personagens reais ou da ficção, como artistas e heróis de histórias em quadrinhos.

Junqueira (João Camargo) – Marido de Heleninha (Totia Meireles), é tranquilo, busca ter paz em casa. Também se incomoda com o comportamento estranho do filho Yuri (Adriano Alves).

Dantas (Edson Celulari) – Trabalha na C.Garcia e busca reconhecimento por tantos anos de dedicação à empresa. É pai de Cibele (Bruna Linzmeyer) e namora Shirley (Michelle Martins).

Cibele (Bruna Linzmeyer) – Filha de Dantas, implica com a namorada jovem do pai, Shirley (Michelle Martins). É noiva de Ruy (Fiuk) e sonha com o casamento perfeito. Irá se decepcionar profundamente quando descobrir que o noivo se envolveu com Ritinha (Isis Valverde).

Irene (Débora Falabella) – Arquiteta e amiga de Silvana (Lilia Cabral). É uma mulher desprovida de caráter, manipuladora, sedutora e envolvente, que fará de tudo para conquistar Eugênio (Dan Stulbach).


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
29 de Outubro, 2020
Motorista da Daemo denúncia suposta proposta para sabotar água da cidade e juiz manda suspender o “Blog da Verdade” foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quinta-feira, 29. - 199
29 de Outubro, 2020
Gravação surpresa do vereador Niquinha agradecendo as orações que recebeu, mais uma morte por Covid-19 e a extinção do processo do “chapeludo” foram os temas principais do Cidade em Destaque de quarta-feira, 28. - 175
28 de Outubro, 2020
Prefeitura interdita ponte na vicinal Matadouro/Kimberlit - 163
28 de Outubro, 2020
Um de manhã e outro no final da noite. Olímpia teve duas mortes na terça-feira - 192
28 de Outubro, 2020
Coligação recorre ao TRE e garante que o vídeo “viralizado” no “Whats” foi propaganda negativa - 243


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites