iFolha - “Domingão do Faustão” voltou inédito neste domingo

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 26 de Novembro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/11/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 24 de Agosto, 2020 - 16:46
“Domingão do Faustão” voltou inédito neste domingo

1- O dominical de Fausto Silva será o primeiro programa a retomar as gravações nos estúdios da Globo na capital paulista. Depois de meses gravando de casa, fazendo entrevistas remotas e apresentando edições emblemáticas dos seus 30 anos de história, o “Domingão do Faustão” voltou aos estúdios para gravar conteúdo inédito / Zé Paulo Cardeal-RG

 

2- Sem perder a essência de um programa de auditório, mas assumindo um novo formato, pela primeira vez, o “Domingão” terá uma plateia virtual, que garantirá a interação com o apresentador / Raphael Dias-RG

 

3- Fausto Silva, o Faustão, estreou na Rede Globo em 1989. Primeiro durante o Carnaval, entrevistando personalidades no “Camarote do Faustão”. Em março, numa Páscoa, começou a apresentar o “Domingão do Faustão”, disputando a audiência das tardes de domingo com o até então imbatível “Programa Silvio Santos”, do SBT / Selmy Yassuda-RG

 

4- O “Domingão do Faustão” se reinventou nesses meses de pandemia, exibindo os melhores momentos de sua trajetória. De casa, Fausto Silva gravou sua participação na atração. Para o final de semana que vem, dia 30, o “Domingão” está prometendo a estreia do “Dança dos Famosos 2020” / Raphael Dias-RG

 

5-Fausto Silva Iniciou sua carreira aos quatorze anos, como repórter de uma rádio no interior de São Paulo e foi nas rádios paulistas que tomou gosto pelo microfone / Zé Paulo Cardeal-RG

 

“Quem sabe faz ao vivo”. A famosa frase de Fausto Silva para saudar algumas das atrações de seu programa serve muito bem para o próprio apresentador, que há anos entretém o grande público da televisão brasileira. Depois de cinco meses e exatamente 22 domingos, Faustão volta a gravar seu “Domingão” e neste final de semana a atração será inédita na telinha do telespectador que nos últimos meses foi bombardeada com os melhores momentos, e com a participação pré-gravada do apresentador diretamente de sua casa.

O dominical de Fausto Silva será o primeiro programa a retomar as gravações nos estúdios da Globo na capital paulista. Depois de meses gravando em casa, fazendo entrevistas remotas e apresentando edições emblemáticas dos seus 30 anos de história, o “Domingão do Faustão” voltou aos estúdios para gravar conteúdo inédito. No primeiro programa após a quarentena, Fausto Silva recebe ao palco Zé Neto & Cristiano. O público também vai assistir a depoimentos de artistas curiosos ao redor do planeta, acompanhar o “Se Vira no Mundo” e as videocassetadas. 

E sem perder a essência de um programa de auditório, mas assumindo um novo formato, pela primeira vez, o “Domingão” terá uma plateia virtual, que garantirá a interação com o apresentador. Além disso, um grupo reduzido de bailarinas, todas usando máscaras e respeitando as distâncias de segurança, dividirá o palco com Fausto Silva.   

Desde o início da pandemia, a Globo se preocupou em assumir os cuidados necessários para a segurança de seus colaboradores, o que fez com que algumas atrações, que acompanham o público há várias décadas, se adaptassem às novas formas de trabalhar. O “Domingão do Faustão” se reinventou nesses meses, exibindo os melhores momentos de sua trajetória. De casa, Fausto Silva relembrou, por exemplo, homenagens a Hebe Camargo, a estrelas que marcaram a infância dos anos 80 e 90, apresentações de grandes sambistas no palco do “Domingão” e quadros como “Ding Dong” e “Show dos Famosos”. 

Para o final de semana que vem, dia 30, o “Domingão” está prometendo a estreia do “Dança dos Famosos 2020”. O quadro, que é campeão de audiência do programa terá uma versão adaptada à pandemia, mas, que mesmo com as restrições deverá agradar ao telespectador.

Fausto Silva, o Faustão,  estreou na Rede Globo em 1989. Primeiro durante o Carnaval, entrevistando personalidades no “Camarote do Faustão”. Em março, numa Páscoa, começou a apresentar o “Domingão do Faustão”, disputando a audiência das tardes de domingo com o até então imbatível “Programa Silvio Santos”, do SBT. O programa de variedades – com musicais, entrevistas, brincadeiras e jogos com a participação da plateia e de artistas, boa parte deles do elenco da Rede Globo, tornou-se um sucesso, e a emissora chegou à liderança no horário.

No dia 18 de maio de 2008, o “Domingão do Faustão” comemorou sua milésima edição. Fausto Silva e vários convidados relembraram quadros que fizeram parte da história do programa, como o “Mano a Mano” e o “Jogo da Velha”. O apresentador também recebeu homenagens de diversas personalidades, como Tony Ramos, Hebe Camargo, Glória Menezes e Ivete Sangalo, e do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Fausto Silva Iniciou sua carreira aos quatorze anos, como repórter de uma rádio no interior de São Paulo e foi nas rádios paulistas que tomou gosto pelo microfone.  Em 1983, o apresentador foi convidado pelo saudoso jornalista Goulart de Andrade para participar de um quadro do “Comando da Madrugada”, seu programa na TV Gazeta. O segmento foi batizado de “Perdidos da Noite”. Em julho de 1984, o quadro deu origem a um programa de auditório, apresentado pelo próprio Fausto Silva, na TV Record. Show de variedades de baixo orçamento, sem requintes técnicos e com muito espaço para improvisações, o “Perdidos da Noite” era transmitido nas madrugadas de sábado para domingo, primeiro apenas para São Paulo, depois também para o Rio. Rapidamente, passou a ser cultuado pelos telespectadores como diversão trash e, em pouco tempo, conquistou crítica e audiência. Em 1986, passou a ser exibido para todo país pela Rede Bandeirantes. Ainda na emissora do Morumbi apresentou o programa “Safenados e Safadinhos”, em 1987. Fausto Silva começou a atrair os olhares da Globo e foi assim que logo conquistou seu lugar de destaque na “vênus platinada”.

Fausto Silva nasceu em São Paulo, no dia 2 de maio de 1950. Teve sua primeira passagem pela Globo em 1982, como comentarista de esportes do “Bom Dia São Paulo”. No meio artístico é chamado carinhosamente de Faustão e lembrado pelos telespectadores pelo famoso bordão “ô loco, meu”, também conhecido como "ô loco, bicho". O apresentador também é dono do bordão “reclames do plin-plin”, usado para se referir aos intervalos comerciais. "Esta fera aí meu", este usado para elogiar alguém ou alguma atração de seu programa; além do já mencionado "quem sabe faz ao vivo!". Não se esquecendo também o "agradecendo sua audiência, sua paciência", usado sempre antes do encerramento programa.

Sem dúvidas, Fausto Silva fez por merecer e não é à toa que desde há muito tempo é um dos principais apresentadores da televisão brasileira e o líder de audiência nos finais das tardes dominicais. Sem dúvidas, as edições inéditas do “Domingão do Faustão” estavam fazendo falta!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
25 de Novembro, 2020
A 75ª morte por Covid-19 em Olímpia e homem que ateou fogo no próprio corpo em Barretos foram os principais assuntos do Cidade em Destaque de quarta-feira, 25. - 151
24 de Novembro, 2020
A dança das cadeiras na Câmara e mais uma morte por sequelas da covid-19 foram alguns assuntos do Cidade em Destaque de terça-feira, 24. - 99
23 de Novembro, 2020
Comemorando muito - 121
23 de Novembro, 2020
Os pequenos merecem atenção especial quando o assunto é higiene e beleza - 109
23 de Novembro, 2020
A dupla Jorge & Mateus lançou a sua nova música de trabalho "Lance Individual" - 86


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites