iFolha - Com mais três mortes em menos de 12 horas Olímpia chega a 18 óbitos por covid-19. Oito nos 12 dias de agosto.

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 22 de Setembro de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 21/09/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 12 de Agosto, 2020 - 15:02
Com mais três mortes em menos de 12 horas Olímpia chega a 18 óbitos por covid-19. Oito nos 12 dias de agosto.

MAIS TRÊS MORTES!
Na média está sendo registrado um óbito a cada 36 horas
e o número de casos confirmados está
se situando entre 30 e 40 por dia.


Em apenas doze dias, Olímpia já registrou quase a metade (44,44%) de todos os casos de óbito registrados por covid-19 desde o início da pandemia. Com mais três ocorridas na quarta-feira, o município foi para 18 mortes até agora e oito nestes 12 dias transcorridos do mês de agosto.

Foram três mortes em menos de 12 horas.Na média está sendo registrado um óbito a cada 36 horas e o número de casos confirmados está se situando entre 30 e 40 por dia.

Segundo nota da prefeitura, o primeiro trata-se de um senhor de 78 anos, que faleceu na UPA, sem chegar a ser internado na Santa Casa, na madrugada de quarta-feira, 12, após uma parada cardiorrespiratória.

Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros em casa e levado a UPA, mas não resistiu. Enquanto passava por atendimento, foi realizado teste rápido que confirmou a contaminação pelo coronavírus.

Os outros dois óbitos, que ocorreram na manhã desta quarta-feira, 12, são de pacientes que estavam hospitalizados na UTI da Santa Casa, sendo um homem, de 62 anos, internado há quase 20 dias (dede o dia 27 de julho), e uma senhora de 88 anos, internada desde a última semana (03 de agosto) com comorbidades preexistentes.

AS MORTES DE OLÍMPIA E
OS PERCENTUAIS POR GÊNERO E IDADE

O município de Olímpia, que registrou sete mortes em julho, chegou ao 12.º dia do mês de agosto computando oito óbitos provocados pelo novo coronavírus e 44,44% do total de casos ocorridos na cidade até agora: 18.

Com as mortes da quarta-feira, 12, dois homens, um de 78 e outro de 62 anos, além de uma mulher de 88 anos, Olímpia registrou até agora 18 óbitos: cinco mulheres (27,77%) e 13 homens (72,22%).

Em termos de idade, a maioria absoluta se situa na faixa de mais de 60 anos: 15 (83,33%). Um abaixo de 40 anos (5,55%) e outros dois entre 40 e 59 anos (11,11%).

A 15.º morte por contaminação do novo coronavírus ocorreu no final da tarde de domingo, 09, às 17h28, de um policial militar que é bastante conhecido na cidade: o Cabo PM Reginaldo Pereira, de 49 anos, que perdeu a vida após ficar desde o dia 27 de julho tentando se recuperar do Covid-19 na Santa Casa local. Ele foi enterrando em Barretos, cidade natal, com cortejo da PM seguindo de Olímpia até aquela cidade com cerimônia realizada pelo 33.º BPMI.

O 14.º óbito por covid-19 em Olímpia aconteceu logo na manhã de domingo, 09, e vitimou o olimpiense Valdecir Picolotto, de 66 anos que estava internado no único hospital local desde o dia 28 de julho. Segundo a advogada Helena de Souza Pereira postou em seu perfil no Facebook, Valdecir deixa a esposa Margarida, os filhos Matheus e Vitor Dourado (funcionário da Dismed) e um grande círculo enorme de amigos. Trabalhou na Baculerê e na Usina Guarani”.

Além do óbito do dia 04 de agosto, uma mulher de 73 anos (terceira a morrer em Olímpia), faleceu no dia 29 de julho. No domingo, 27, outra mulher (70 anos) faleceu no período da manhã e o pastor Rogério Marcelino, de 52 anos morreu por volta das 21 horas do mesmo dia; Duas pessoas também faleceram no dia 24: um rapaz de 36 anos (Ricardo Rodrigo Pereira) e uma mulher de 78 (a primeira mulher a morrer por covid-19 em Olímpia).

A primeira morte de Olímpia foi de um paciente de 70 anos que faleceu no dia 14 de maio; outro, de 68, veio a óbito no dia 20 do mesmo mês; o terceiro foi o empresário Joseph Humberto Catelani Rossi, 61 anos, que morreu no dia 01 de junho após ficar internado por mais de 20 dias no HB em Rio Preto; o quarto, de 60 anos, veio a óbito no dia 08 de julho, após ficar mais de uma semana internado na UTI da Santa Casa; e o quinto, de 72 anos, faleceu na noite do dia 14 do mesmo mês, na UPA – Unidade de Pronto Atendimento de Olímpia.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
21 de Setembro, 2020
Centro e Quinta das Colinhas lideram regiões da cidade com maior registro de casos - 66
21 de Setembro, 2020
Olímpia registra 34 positivos em três dias e chega a 2.239 casos confirmados - 52
21 de Setembro, 2020
“A Força do Querer” volta nesta segunda na tela da Globo - 57
21 de Setembro, 2020
A Força do Querer; Ruy e Zeca se encantam ao ver Ritinha nadando com os botos - 69
21 de Setembro, 2020
Conheça um pouco mais de Igor Rickli - 55


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites