iFolha - Ares-condicionados para educação dariam para climatizar 250 residências de quatro cômodos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 02 de Abril de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 01/04/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 16 de Fevereiro, 2020 - 17:58
Ares-condicionados para educação dariam para climatizar 250 residências de quatro cômodos

BTUS PRA ENCHER SACO DE POBRE?       Quase 500 ares-condicionados deverão gerar 9 milhões e 848 mil BTUs.

A quantidade de BTU do ar condicionado indica a sua potência, ou seja, fornece a capacidade do equipamento em alterar a temperatura do ar.

Ao se fazer os cálculos da quantidade de BTUs estimada pela prefeitura de Olímpia para os, ao que se informa 29 estabelecimentos educacionais do município, chega-se à conclusão que os 486 aparelhos dariam para climatizar simplesmente uma área de 16.413 m², ou o equivalente a 250 residências com quatro cômodos cada uma.

A sigla BTU significa “Bri­tish Thermal Unit” ou em português Unidade Térmica Britânica. Apesar de não possuir medida, pode ser equiparado as calorias. A quantidade de BTU do ar condicionado indica a sua potência, ou seja, fornece a capacidade do equipamento em alterar a temperatura do ar.

Para calcular o BTU usado na hora de refrigerar um cômodo, devemos pensar no tamanho do ambiente, já que são necessários entre 600 e 800 BTUs por metro quadrado. Você pode usar a base de 600 BTUs quando o ambiente não tiver incidência de sol.

486 APARELHOS VÃO GERAR 9 MILHÕES E 848 MIL BTUS

Dentro desde contexto é que obtemos o resultado 9 milhões e 848 mil BTUs somando as especificações dos 486 aparelhos cotados pela prefeitura para serem adquiridos no registro de preços através de pregão realizado no ano passado.

São 289 aparelhos de 18 mil BTUs, o que resulta em 5.202.000 BTUs; 39 de 30 mil = 1.170.000; e 158 de 22 mil= 3.476.000. No total somando 9.848.000 BTUs.

Dividindo os nove milhões por 600 Btus que é o necessário para a climatização por metro quadrado em condições normais, teremos 16.413 m². Se as condições não forem as normais e, por exemplo, tiver a incidência de sol a quantidade de BTUs aumenta para 800. Então, teremos o resultado de 12.310 m² com o equi­pamento que a prefeitura pretende comprar com o empréstimo junto ao Banco do Brasil.

EM CONDIÇÕES NORMAIS DARIA PARACLIMATIZAR 256 RESIDÊNCIAS

Se levarmos em conta que geralmente as pessoas climatizam os quartos e a sala das residências, embora, hoje em dia, já exista quem faça isso também nas cozinhas, teremos uma média de quatro cômodos em média por residência com ares-condicionados, isso em residências da chamada classe média. Pois nas classes menos favorecidas esse número praticamente despenca.

Mas, partindo da hipótese de que a grande maioria da população tenha pelo menos a intenção de climatizar a residência e que, em média esses cômodos sejam do tamanho 4 metros por quatro metros, teremos 64 m² por residência.

Se dividirmos o total de metros quadrados em condições normais que é de 600 BTUs por m², teremos a possibilidade de os ares-condicionados financiados darem para climatizar 256 residências. Já se as condições não forem as melhores e o número de BTUs aumentar para 800, então teremos 193 imóveis climatizados.

O REGISTRO DE PREÇOS FEITO EM NOVEMBRO
Como se recorda, através do pregão eletrônico nº 82/2019, realizado no dia 25 de novembro de 2019, que foi vencido por uma empresa do Espírito Santo e outra do Mato Grosso, a prefeitura de Olímpia homologou a compra de 486 aparelhos de ar-condicionado, no valor de R$ 1.127.697,00 para ser instalados nas escolas do município, segundo consta na documentação existente no site da prefeitura.

A se confirmar que estes aparelhos serão instalados em 29 unidades escolares e creches do município, teríamos uma média aproximada de 17 ares por escola e um gasto médio por edificação educacional de R$ 38.886,00, sem contar a despesa de instalação, que, se for terceirizada, custaria em média R$ 200,00 por aparelho, o que acrescentaria mais R$ 97.200,00 ao custo total do investimento, que passaria para R$ 1.224.897,00.

A empresa Master Eletrodomésticos Eireli ME, que consta ter sede em Vitória, no Espírito Santo, foi a vencedora de dois itens do pregão que prevê três tipos de ares-condicionados. 289 aparelhos de ar Split Inverter de 18 mil BTUS frio, 220v, Elgin HVFI18B2IA, no valor de R$ 2.295,00 cada, totalizando R$ 663.255,00; e de 39 de 30.000 BTU, Split Frio, da marca ECOBLU - EBE(I)30F, pelo valor unitário de R$ 3.000,00, totalizando R$ 117.000,00.

Com esta empresa do Espírito Santo, o município adjudicou, portanto, o fornecimento de 328 ares por um total de R$ 780.225,00.

Já com a segunda empresa, a Potência Comércio de Produtos Informática Eireli, que consta ter sua sede em Cuiabá, MT, no mesmo pregão, foi homologada a compra de mais 158 aparelhos de ar condicionado de 22 mil BTU, Split Frio, ELGIN ECO POWER, no valor de R$ 2.199,00 cada um, totalizando R$ 347.442,00.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
01 de Abril, 2020
Juíza nega liminar para incluir hotel de Olímpia como atividade essencial durante a pandemia - 230
01 de Abril, 2020
Jovem de 27 anos é nova suspeita de ter contraído o novo coronavírus em Olímpia - 168
31 de Março, 2020
Olímpia passa três dias seguidos sem novos suspeitos do novo coronavírus - 117
31 de Março, 2020
Terceiro lote de vacinas da gripe esgotam no meio da tarde de terça - 433
31 de Março, 2020
Prefeito explica medidas envolvendo servidores, anuncia doação do próprio salário e compra de testes para coronavírus - 133


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       














Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites