iFolha - E a República é proclamada no Brasil em 15 de novembro de 1889

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 07 de Julho de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 07/07/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 12 de Novembro, 2019 - 14:42
E a República é proclamada no Brasil em 15 de novembro de 1889

Foto: O Marechal Deodoro da Fonseca proclamou a República na Praça da Aclamação, atual Praça da República, no Rio de Janeiro. O golpe de Estado depôs o Imperador D. Pedro II e aboliu o regime monárquico em vigor desde 1822 / GB Imagem

 

No ano de 1889, no dia 15 de novembro, através de um golpe militar liderado pelo Marechal Deodoro da Fonseca, foi proclamada a República no Brasil, colocando ponto final no Regime Monárquico que durara quase setenta anos. Pouco tempo, tendo-se em vista a duração deste tipo de governo pelo mundo afora.

Foi Rui Barbosa quem assinou o primeiro decreto do novo regime, no dia seguinte, instituindo o Regime Provisório.

Cabe ressaltar que o então Ministro Afonso Celso de Assis Figueiredo, o Visconde de Ouro Preto, lutou para preservar a Monarquia e, para isso, em meados de 1889 propôs um programa de reformas visando acalmar os ânimos dos opositores do governo. Na sua proposta incluía a liberdade de culto, autonomia para as províncias, mandatos limitados, e não mais vitalícios no Senado, liberdade de ensino, redução das prerrogativas do Estado, entre outras, mas todas foram vetadas pela maioria conservadora que constituía a Câmara dos Deputados.

Enquanto isso, o Governo Imperial perdia suas bases econômicas, militares e sociais.

O povo, por sua vez, não confiava mais na Monarquia e também não acreditava nas ideias republicanas. Assim, o movimento desencadeado no dia 15 de novembro de 1889 não teve a participação popular. Segundo alguns historiadores, o próprio Marechal Deodoro precisou ser "convencido" pelos republicanos a liderar o golpe de Estado.

D. Pedro II estava em Petrópolis e voltou ao Rio de Janeiro convencido de que o objetivo dos "revoltosos" era apenas substituir o Ministério e tentou ainda organizar outro, sob a presidência de José Antônio Saraiva. Mas, no dia seguinte, o Major Frederico Sólon Sampaio Ribeiro entregou ao monarca um comunicado sobre a proclamação do novo regime e solicitando sua partida para o estrangeiro, a fim de garantir a segurança da família real.

 

Outras datas:

 

10/11

- Dia da Indústria Automobilística

- Dia do Trigo

- Entrada na Baía de Guanabara da esquadra francesa comandada por Nicolau Durand de Villegaignon (1555)

- Getúlio Vargas assume a Presidência da República, com a revolução de 1930, dissolvendo o Congresso Nacional (1937)

- Promulgação da terceira Constituição Republicana (Estado Novo) do Brasil (1937)

- Nasce Martim Lutero (1483)

 

11/11

- D. Pedro I dissolve a Assembleia Constituinte (1823)

- Dia da Independência de Angola

- Dia do Armistício – No ano de 1918 foi assinado o tratado que pôs fim a I Guerra Mundial

- Dia do Diretor de Escola

- Dia do Soldado Desconhecido

- Dia em que o Presidente Carlos Coimbra Luz é destituído e o senador catarinense Nereu Ramos assume a Presidência da República (1955)

- Invasão do Mato Grosso pelos paraguaios que arrasam a guarnição brasileira de Dourados (1864)

 

12/11

- Dia do Supermercado

- Dia do Diretor de Escola

- Paraguai declara guerra ao Brasil (1864)

 

13/11

- A vila de Porto Alegre (RS) é elevada a cidade (1822)

- Morte em Paris, no exílio, da Princesa Isabel, A Redentora (1921)

 

14/11

- Criação do Ministério da Educação (1930)

- Dia dos Bandeirantes

- Dia Nacional da Alfabetização

- Dia Nacional do Diabético

 

15/11

- Dia do Esporte Amador

- Dia da Proclamação da República - 1889

- Dia do Joalheiro

- Eleição dos deputados para a Assembleia Nacional Constituinte (1986)

- Instalação Assembleia Nacional Constituinte (1933)

- Morte do Presidente Rodrigues Alves, sem tomar posse (1918)

- Posse de Afonso Pena, Presidente da República do Brasil (1906)

- Posse de Delfim Moreira da Costa Ribeiro, na Presidência da República, pela morte de Rodrigues Alves (1918)

- Posse de Francisco de Paulo Rodrigues Alves, Presidente da República do Brasil (1902)

- Posse de Hermes da Fonseca, Presidente da República do Brasil (1910)

- Posse de Manuel Ferraz de Campos Salles, Presidente da República do Brasil (1898)

- Posse de Prudente de Moraes, Presidente da República do Brasil (1894)

- Posse de Venceslau Braz, Presidente da República do Brasil (1914)

- Posse de Washington Luís, Presidente da República do Brasil (1926)

 

16/11

- Decreto da deposição da dinastia imperial e extinção do regime monárquico no Brasil (1889)

- Semana da Música

- Dia do Não Fumar


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
07 de Julho, 2020
Contando a história - 28
07 de Julho, 2020
O frio e quarentena não precisam ser sinônimo de quilos extras - 24
06 de Julho, 2020
A peregrinação de uma mulher com covid-19 para conseguir tratamento foi o principal tema do Cidade em Destaque de segunda-feira, 06 - 113
06 de Julho, 2020
Olímpia chega aos 180 casos de covid-19 com 15 confirmados e mais 21 suspeitos - 86
06 de Julho, 2020
Gustavo Bertoni lança “Waves”, primeiro single do seu próximo disco-solo - 67


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites