iFolha - Olímpia FC poderá ficar sem comando em 2020

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 12 de Dezembro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 09/12/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 27 de Outubro, 2019 - 19:31
Olímpia FC poderá ficar sem comando em 2020

Nenhuma chapa se inscreveu para disputar as eleições no Olímpia FC que estavam marcadas para a manhã de hoje, dia 26. O prazo terminou na última quinta-feira, dia 24, às 9 horas. Com isso, o clube corre o risco de ficar sem presidente a partir de 1º de janeiro de 2020. Na pior das hipóteses o clube teria que pedir afastamento do campeonato Paulista da Série A-3 e para voltar depois teria que começar das últimas divisões.

Segundo informou José Correia Sobrinho, mesmo que nenhuma chapa tenha sido inscrita, a Assembleia que foi convocada para este sábado terá que acontecer, conforme exige o estatuto do clube. No entanto, declarou que se caso nos próximos dias surja algum candidato, será necessário convocar uma assembleia extraordinária.

Explicou Correia Sobrinho, que a assembleia de hoje previa a eleição do presidente e vice da diretoria executiva, o Conselho Arbitral e o Conselho Fiscal. “A chapa teria que ser completa”, contou.

Sendo assim, caso até o dia 31 de dezembro, quando termina o mandado do atual presidente “Niquinha” (foto), não surja nenhum interessado, o clube ficaria sem comando. No entanto, José Correia, declarou que o caso necessitará ser melhor estudado para ser tomada uma decisão, caso necessário for.

Como se sabe, “Niquinha” não poderá permanecer na presidência em um terceiro mandado consecutivo, conforme reza o estatuto do clube.

Por outro lado, Delomodarme também não apresentou chapa encabeçada por uma pessoa de sua confiança. Chegou a especular que uma de suas filhas poderia se candidatar.

Depois do encerramento do prazo, “Niquinha” declarou que a situação financeira do clube está difícil, principalmente, em razão de ações trabalhistas que estão tramitando na justiça. Segundo ele, praticamente toda a verba da Federação Paulista de Futebol estaria bloqueada. Finalizou declarando que pretende fazer uma reunião com o prefeito na próxima semana.

Caso ele se comprometa em ajudar o clube com sua influência, poderá tentar lançar uma chapa.

Por outro lado, segundo alguns advogados consultados, decisões reiteradas de nossos tribunais têm sido no sentido de que o limite máximo de penhora de rendas de times de futebol deve atingir o percentual máximo de 30% da renda, para não inviabilizar o funcionamento da associação ou empresa, levando-a a falência. No caso das verbas vindas da federação, também tem de ser enquadradas dentro dos dispositivos legais utilizados nas decisões.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
09 de Dezembro, 2019
Não é fácil para ninguém - 235
09 de Dezembro, 2019
E vem chegando o Verão - 309
09 de Dezembro, 2019
Kevin O Chris libera a primeira parte do DVD “Evoluiu” - 234
09 de Dezembro, 2019
O filme Uma Esperança de Natal já está disponível! - 230
09 de Dezembro, 2019
Bolo de Nozes com Passas e Canela - 240


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       
























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites