iFolha - Obesidade infantil é uma questão de saúde pública

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 04 de Julho de 2020
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 02/07/2020
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA


Olimpia, 19 de Agosto, 2019 - 14:47
Obesidade infantil é uma questão de saúde pública

A questão da obesidade é questão de saúde pública em todo o mundo. A situação se agrava e merece maior atenção quando se observa o aumento do índice de crianças com sobrepeso. No Brasil, este percentual chega a quase 34%, entre crianças de 5 a 9 anos.

Mais sedentárias e comendo pior, as crianças estão engordando e o que é mais triste, estão adoecendo. Sintomas como pressão sanguínea alta, manifestação de diabetes tipo 2 precocemente e níveis elevados de colesterol no sangue são alguns dos diagnósticos que crescem junto com o sobrepeso. Há também efeitos psicológicos, como a baixa autoestima, imagem corporal negativa e depressão.

Segundo os especialistas no tratamento de pacientes com diabetes, as raízes destas doenças estão fortemente relacionadas com os hábitos alimentares e é necessário uma revisão das diretrizes nutricionais e de saúde pública.

A censura continuada das gorduras naturais afastou por muito tempo as pessoas dos alimentos altamente nutritivos. As carnes, peixes, ovos, nozes, sementes, azeitonas e abacates deixaram de fazer parte do cotidiano e entraram os congelados e carboidratos refinados.

A obesidade infantil é caracterizada pelo excesso de peso entre bebês e crianças de até 12 anos de idade. A criança é identificada como obesa quando seu peso corporal ultrapassa em 15% o peso médio correspondente a sua idade. É uma condição em que o excesso de gordura corporal afeta negativamente a saúde ou bem-estar de uma criança.

O crescimento do índice de obesidade infantil pode estar condenando as futuras gerações. Crianças com sobrepeso hoje, serão adultos doentes amanhã. O caminho da transformação passa pela educação alimentar. Educação transforma os adultos e as crianças aprendem com o exemplo deles.

Os especialistas em Nutrição explicam que o maior erro de papais e mamães é comprar alimentos industrializados, tais como congelados, sorvetes, biscoitos recheados, ou biscoitos integrais; farináceos de trigo, como pães e massas, sendo que os doces diversos e alimentos lights são outro sério problema. Aliado a isso tem a não ingestão de alimentos naturais que são ricos em gorduras saudáveis, como ovos caipiras, abacate, dentre outros alimentos fundamentais para a saúde infantil e também de adultos.

O tratamento da obesidade infantil exige a participação da família de forma a incentivar a criança a adotar estilos saudáveis de vida que ajudam a combater a obesidade. É importante que os adultos desenvolvam maior consciência sobre o consumo de alimentos e que as crianças comecem a aprender isso desde cedo. Alimentos ricos em gorduras trans e açúcar, mas pobres em nutrientes, como fast-food, congelados, biscoitos e doces, recheiam o cardápio dos pequenos. O medo da violência mudou hábitos simples que contribuíam para a saúde, como brincar na rua ou ir a pé para a escola. Mais sedentárias e comendo pior, as crianças estão engordando.

Para reverter esse quadro é importante ter consciência que a mudança começa em casa, com a melhora dos hábitos alimentares de toda a família. Os pais são os primeiros modelos de comportamento para as crianças. Além disso, é importante ter consciência que quanto mais avançada à idade mais difícil será para mudar os hábitos. Quanto mais cedo for feito isso, melhor para a saúde.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
02 de Julho, 2020
Cinco confirmados e 14 suspeitos foi o saldo do covid-19 na quinta-feira, 02 - 195
01 de Julho, 2020
Um garoto de 11 anos está entre os 5 positivados de covid-19 de quarta-feira, 01 - 405
01 de Julho, 2020
Cidade em Destaque de quarta-feira, 01, discutiu, entre outros, o recorde de casos de covid-19; a festa em alta de paciente na Santa Casa, uma “charreata” de chá de bebê; e a inviabilidade de leis que não têm quem as fiscalize. - 166
30 de Junho, 2020
Olímpia bate recorde e registra 11 casos confirmados de coronavírus num só dia - 412
30 de Junho, 2020
Revelamos quem é o secretário que foi pego com gato na energia elétrica e deciframos o ato do prefeito de não regulamentar a flexibilização. Cidade em Destaque de terça-feira, 30 - 447


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       








Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites