iFolha - Marcado julgamento de Celso Teixeira para início de agosto

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 25 de Agosto de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 21/08/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Cidade em Destaque
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 21 de Julho, 2019 - 18:44
Marcado julgamento de Celso Teixeira para início de agosto

Está marcado para os dias 6, 7 e 8 de agosto deste ano o julgamento do agricultor e ex-vereador de Olímpia, Celso Teixeira (foto), de 71 anos. Ele é acusado de ter sido o mandante da tentativa de homicídio praticada contra sua ex-mulher Rosângela Cristina Freo, em outubro de 2017, em Fernandó­polis.

O Júri popular será realizado no plenário do Fórum de Fernandópolis. Além de Teixeira, também sentarão no banco dos réus, Rogério de Oliveira, morador em Olímpia e Diego de Oliveira Queiroz da Silva e Ronilson Peris da Silva, moradores de Rondonópois. Os quatro estão presos no CDP - Centro de Detenção Provisória de Riolândia desde novembro de 2017.


De acordo com a denúncia feita pelo promotor Marcelo Antônio Francis­chette da Costa, Celso Teixeira, decidiu matar a ex-mulher por não se conformar com a necessidade de partilhar os bens com Rosangela.

De acordo com a denúncia, Celso induziu Rogério Oliveira prometendo-lhe recompensa de R$ 25 mil se providenciasse quem matasse Rosangela. Com isso, Rogério concordou e induziu Ronilson Peris da Silva a matá-la, mediante a promessa de receber R$ 10 mil, tendo este, por sua vez, induzido Diego que aceitou aderir a empreitada com a promessa de receber R$ 5 mil.

A TENTATIVA DE HOMICÍDO

No dia 16 de outubro de 2017, por volta das 9h38, Ronilso e Diego entraram em contato com Rosan­gela, demonstrando a intenção de conhecer duas casas que pretendiam comprar, que ela lhe mostraria. Com isso, quando Diego estava sozinho com a vítima, no imóvel situado na Avenida Eladia Esser, em Fernandópolis, Diego, repentinamente passou a asfixiá-la, aplicando-lhe uma “gravata, jogando-a ao chão e tapando sua boca e nariz para matá-la.

No entanto, segundo a denúncia, Rosangela mordeu as mãos de Diego, fazendo cessar a agressão e conseguiu fugir até seu veículo, uma caminhonete. Na sequência, Ronilso, que estava nas proximidades dando cobertura, junto com Diego, passaram a perseguir Rosangela. Foi quando Ronilso efetuou seis disparos que atingiram a caminhonete. Apenas um tiro atingiu Rosangela, que mesmo ferida conseguiu fugir, tendo sido socorrida.

Por outro lado, o caso foi investigado pela DIG - Delegacia de Investigações Gerais de Fernan­dópolis. Os autores da tentativa de homicídio foram identificados e presos, tendo confessado na fase policial que agiram a mando de Rogério Oliveira e Celso Teixeira.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
21 de Agosto, 2019
Gazeta anuncia no “Face” que denunciou Prodem à promotoria e internauta publica que esgoto corre a céu aberto no Harmonia. Cidade em Destaque de 21.08.19. - 704
20 de Agosto, 2019
MULHER BOMBA? Niquinha denuncia Alessandra Bueno na polícia e ela é obrigada a responder se pertence a organização criminosa islâmica 20.08.19. - 2969
20 de Agosto, 2019
Feliz com o trablaho - 456
20 de Agosto, 2019
Transforme o banho num ritual de beleza diário - 431
20 de Agosto, 2019
Wesley Safadão não descansa e acaba de lançar mais uma novidade - 446


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites