iFolha - Sorriso branco e iluminado ao alcance de todos

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Novembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 13/11/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 05 de Novembro, 2018 - 10:34
Sorriso branco e iluminado ao alcance de todos

Os alimentos que ingerimos mancham os dentes porque o esmalte que recobre os mesmos é poroso, facilitando a penetração de substâncias. Por isso é fundamental a higiene bucal frequente e visitas regulares ao dentista / GB Imagem




Dentes brancos e sorriso iluminado é o sonho de todos. Não é difícil conseguir isso. Produtos específicos indicados pelo dentista proporcionarão a remoção das manchas / GB Imagem

 

 

 

Quer aquele sorriso de artista, branco e iluminado, então vamos entender um pouco como é que o dente funciona.

O esmalte que recobre os dentes é levemente poroso. Assim, tudo o que ingerimos vai deixando suas marcas lentamente, até que os dentes se tornam amarelados, acinzentados ou amarronzados. A má higiene bucal colabora para aumentar a porosidade natural do esmalte e assim a portas ficam ainda mais abertas para as manchas.

Que pesadelo! Principalmente se repararmos nos sorrisos da mídia. Todos mostram invejáveis sorrisos branquíssimos.

É cada vez mais frequente a procura por tratamentos branqueadores nos consultórios dentários, sendo que ocorreu uma rápida evolução nas opções oferecidas. É bom lembrar que as técnicas para deixar os dentes brancos existem desde 1860, no entanto faz apenas alguns anos que este tipo de tratamento ganhou popularidade.

O método mais conhecido é aquele no qual o dentista recobre a área a ser tratada com um molde de silicone no qual é inserida a substância clareadora. O tratamento é individual; não é demais explicar que o aparelho de silicone é confeccionado de acordo com a boca do paciente.

Existe também os kits de branqueamento caseiro, os quais podem ser adquiridos em supermercados e farmácias, são vendidos como qualquer outro item de higiene pessoal, sem necessidade de consulta prévia ao dentista.

Mas os especialistas nesta questão avisam: estes produtos usados indiscriminadamente podem danificar o esmalte dos dentes, tornando-os mais suscetíveis às manchas e ainda podem causar lesões nas gengivas.

As manchas superficiais são o resultado do depósito de pigmentos de alimentos, tais como café, chá-mate ou preto, refrigerantes, vinho tinto, sucos com corantes e verduras, e substâncias do cigarro no esmalte dos dentes. A escovação e o uso de fio dental após as refeições ou depois de fumar evitam o problema. Caso contrário, os dentes adquirem coloração indesejada, que não pode ser removida só com a higienização diária.

Nestes casos, não adianta usar os kits de clareamento das drogarias. Esse tipo de mancha pode ser eliminado facilmente, mas em uma sessão de limpeza no dentista, que fará uma espécie de polimento e poderá usar outros métodos e produtos caso a mancha seja muito resistente.

As manchas internas podem ser o resultado da ingestão de antibiótico tetraciclina e de flúor em excesso; traumatismos, corrosão do amálgama e envelhecimento natural dos dentes provocam um escurecimento na dentina que se reflete no esmalte, deixando os dentes com manchas amareladas acinzentadas ou amarronzadas.

Para eliminá-las é necessária a aplicação de substâncias químicas, que podem ser feitas no consultório ou em casa, mas sempre com a supervisão de um dentista. Essas substâncias penetram no esmalte e quebram os pigmentos que causaram o escurecimento.

Existem ainda aquelas manchas causadas por tratamento de canal. Estas ocorrem por duas razões: extravasamento de sangue quando houve trauma e devido às próprias substâncias usadas para tratar o canal. O clareamento é feito no dentista. Ele introduz alta concentração de agentes clareadores no orifício do canal para oxidar os pigmentos presentes no dente.

Outro método bastante eficaz é o clareamento a laser. Converse com seu dentista.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Novembro, 2018
Thermas dos Laranjais é a 4.ª melhor do Brasil em gestão de pessoas do “Valor Econômico” - 184
13 de Novembro, 2018
3.º Jantar Beneficente em prol da Santa Casa lota o salão social do Thermas dos Laranjais - 229
13 de Novembro, 2018
Geninho entra com Habeas Corpus para não quebrar o seu sigilo bancário e fiscal - 408
12 de Novembro, 2018
O caos na Saúde pública local e a miopia de quem se nega a ver - 136
12 de Novembro, 2018
Tratando a pele do modo certo - 97


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites