iFolha - Causos para sorrir; Aluno aplicado

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 12 de Novembro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 12/11/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 27 de Junho, 2018 - 13:47
Causos para sorrir; Aluno aplicado

Aluno aplicado

A professora perguntando para um aluno:

— Marcos, me diga três palavras com o prefixo hiper.

— Isso é fácil. Deixa eu ver... hipermercado!

— Muito bem! Agora a segunda?

— Espere um pouco... hipertensão!

— Bravo! E a última?

— Hum... Drogaria.

— Drogaria, Marcos?

— Espere, você não me deixou acabar de falar: IPER-fumaria.

 

A escada rolante

Duas amigas estavam fazendo compras no shopping e conversando. Quando elas passam perto de uma escada rolante, uma delas se lembra de uma história e resolve contar à outra:

— Amiga, você não vai acreditar! Outro dia, eu estava na escada rolante desse shopping, quando, de repente, ela parou.

— Jura? Nossa, mas o que você fez? — perguntou a amiga.

— Eu me assustei no começo. Porém, a pior parte foi eu ter de ficar meia hora em pé, esperando ela voltar a funcionar.

A outra mulher fica indignada e responde:

— Ah, mas amiga, deixa de ser lerda. Por que você ficou em pé? Podia ter sentado, pelo menos, né?

 

Contar carneirinhos

O médico recomenda a uma paciente que sofre de insônia:

— Por que o senhor não tenta contar números logo que se deita?

— É que eu sou boxeador, doutor. Quando chego a nove, me levanto!

 

A lógica das coisas

A recepcionista daquela clinica psiquiátrica entrou na sala do medico e disse:

— Doutor, tem uma mulher aí fora dizendo que é invisível!

E o psiquiatra:

— Diga a ela que agora não posso vê-la!

 

Resposta imediata

Juquinha e seu pai:

— Juquinha, tinha duas maçãs na geladeira, por que agora só tem uma?

— Porque eu não tinha visto a outra, buuuurrrrrrruuuuuppp.

 

Gafe

A mãe de Joãozinho convidou a amiga para jantar em sua casa.

Quando chegou, a mulher logo cumprimentou toda a família:

— Que bom que você veio, querida! — disse a mãe do garoto.

— Imagine, é sempre um prazer vir à sua casa! — respondeu educadamente a amiga.

Durante o jantar, Joãozinho, importunado, não parava de olhar por debaixo da mesa.

Curiosa, a amiga perguntou:

— Joãozinho, o que tanto você procura embaixo da mesa?

E o menino respondeu:

— É que minha mãe disse que você tem pé-de-galinha, mas eu ainda não consegui ver


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
12 de Novembro, 2018
O caos na Saúde pública local e a miopia de quem se nega a ver - 42
12 de Novembro, 2018
Tratando a pele do modo certo - 18
12 de Novembro, 2018
O CD Duas da Tarde – Silva chegou nas lojas - 19
12 de Novembro, 2018
O filme O Escorpião Rei 5 – O Livro das Almas chegou nas locadoras - 20
12 de Novembro, 2018
Camarão Ensopado - 20


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites