iFolha - Os pulmões na berlinda

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 23 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 30 de Abril, 2018 - 12:28
Os pulmões na berlinda

Você sabe o que é Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica? Trata-se da nova nomenclatura para designar o problema que pode vir associado também à bronquite crônica, conhecida também como DPOC.

O enfisema pulmonar é um problema respiratório progressivo e incapacitante, causado principalmente pelo hábito de fumar. Atualmente, a sigla DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) traduz tanto o enfisema quanto a bronquite crônica, que podem se manifestar em conjunto ou separadamente. Considerado a principal causa deste mal, o tabagismo é responsável por 90% dos casos de diagnosticados. No entanto, alguns outros fatores também predispõem a doença como exposição à poluição, produtos químicos, combustíveis domiciliares (carvão e lenha, por exemplo), além de fatores genéticos.

Entre os principais sintomas de DPOC estão tosse com produção de catarro, falta de ar e dificuldade de fazer exercícios. A dificuldade de respirar (dispneia) é uma das maiores queixas dos pacientes, podendo variar de leve a intensa, pois dificulta a realização de atividades cotidianas.

Durante muito tempo, a doença pulmonar era considerada como predominantemente masculina, justamente porque tem como principal causa o tabagismo. As mudanças comportamentais ocorridas principalmente a partir dos anos 60 trouxeram uma mudança neste quadro. Hoje se constata que a mulher que começou a fumar há 20 ou 30 anos é uma séria candidata a desenvolver o mal. Nas décadas de 60 a 80 os homens ainda fumavam mais que as mulheres e o reflexo pode ser visto agora.

Ela se manifesta em geral em pessoas com mais de 40 anos, principalmente fumantes e ex-fumantes. Devido ao seu caráter progressivo, muitos pacientes só descobrem a doença na fase avançada; por esse motivo, a DPOC pode se manifestar mesmo em quem já abandonou o cigarro.

Não é possível saber quem tem predisposição para desenvolver ou não a DPOC. Por isso, a melhor prevenção é, principalmente, não fumar. Apesar de não ter cura, existem hoje tratamentos farmacológicos capazes de ajudar a aliviar os sintomas e a controlar os sintomas. O objetivo é manter o paciente ativo por mais tempo, melhorar a tolerância a exercícios físicos, diminuir a frequência das exacerbações (crises) e contribuir para o aumento da qualidade de vida.

Medicamentos, exercícios de reabilitação pulmonar e o uso de oxigênio inalável fazem parte do tratamento. Lembrando que todo e qualquer medicamento tem que ser prescrito por um médico especialista.

Segundo estatísticas do Conselho Brasileiro de DPOC, Associação Latino-Americana de Tórax (ALAT) e Datasus, aproximadamente, 300 milhões de pessoas no mundo sofrem de DPOC (10% da população adulta). Nas duas últimas décadas, a DPOC apresentou um crescimento de 340%. A DPOC já é a quinta maior causa de morte no Brasil, com 39 mil óbitos por ano - mais de quatro brasileiros a cada hora. A doença afeta atualmente cerca de 5,5 milhões de brasileiros. O diagnóstico é feito por meio da espirometria - exame simples que se faz soprando em um aparelho que mede a capacidade pulmonar.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
22 de Outubro, 2018
Os olhos na mira da beleza - 32
22 de Outubro, 2018
O CD Espelho da Vida chegou nas lojas - 31
22 de Outubro, 2018
O filme Custódia chegou nas locadoras - 30
22 de Outubro, 2018
Sobremesa de Banana da Naná - 36
22 de Outubro, 2018
Compota Quente de Frutas - 42


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites