iFolha - Quando a força e o poder não conseguem impedir o amor

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 14 de Agosto de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 14/08/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 23 de Abril, 2018 - 12:26
Quando a força e o poder não conseguem impedir o amor

Em “Onde Nascem Os Fortes”, Alexandre Nero interpreta o poderoso Pedro Gouveia. Tão bem sucedido que ganhou o apelido de “rei de Sertão” / Estevam Avellar-RG




Fábio Assunção interpreta o juiz Ramiro. Por trás do “homem da lei”, esconde-se um homem ressentido e atormentado pelos segredos do passado. Na verdade, a sua conduta como juiz não é recomendável / Estevam Avellar-RG

 

 

 

Com um enredo recheado de paixões, intrigas, ódio e perdão entra no ar na próxima segunda-feira, a supersérie “Onde Nascem os Fortes”; é uma história que acontece nos dias atuais e ambientada no Nordeste do Brasil, na fictícia cidade de Sertão.

Os jovens Hermano (Gabriel Leone) e Maria (Alice Wegmann) se apaixonam torridamente, mas uma briga os impede de continuarem juntos. Como a chuva do semiárido, que evapora antes de tocar a terra, Nonato (Marco Pigossi), irmão gêmeo de Maria, desaparece misteriosamente. Maria acusa o pai adotivo de Hermano, o poderoso empresário Pedro Gouveia (Alexandre Nero), de ser o responsável pelo sumiço de Nonato e se afasta de sua paixão. Maria e a mãe Cássia (Patrícia Pillar), uma engenheira química, largam tudo no Recife e se mudam para Sertão: vão enfrentar tudo e todos para descobrir o paradeiro do jovem desaparecido. A partir daí, desencadeiam-se os conflitos que movimentam a trama: romances interrompidos, rivalidades acirradas, luta por justiça e revelações inesperadas do passado.

Para o autor George Moura, “é uma história de como as paixões podem provocar amor e ódio e, frente a determinados impasses, só é possível ir adiante com o perdão. Temos o desaparecimento desse jovem, Nonato, como um ponto de partida da trama. Daí nasce a saga de duas mulheres, Cássia e Maria, mãe e filha, em busca de respostas, numa cidade onde a força, muitas vezes, vale mais que a lei”.  As gravações da supersérie tiveram início em outubro de 2017, e ela tem cerca de 60% das cenas feitas em externas e locações no semiárido paraibano. A equipe também rodou sequências no Piauí e em Pernambuco.

Sertão, 2018. Os irmãos gêmeos Maria e Nonato partem do Recife para a cidade natal de sua mãe, Cássia, em busca de novas trilhas de mountain bike. Na volta de uma delas, Maria acaba conhecendo Hermano, jovem paleontólogo por quem se apaixona. Nonato, por sua vez, se envolve numa briga banal num bar da cidade com Pedro Gouveia (Alexandre Nero), após flertar com Joana (Maeve Jinkings), a amante do empresário. O rapaz é retirado à força do bar por Agripino Gogó (Marcos de Andrade) e Jurandir (Rodrigo García), seguranças de Pedro. Adauto (Nanego Lira), dono do bar, é uma das testemunhas do entrevero entre o rapaz e o empresário.

O sumiço de Nonato transtorna Maria, que decide iniciar uma busca pelo irmão por toda cidade, com a ajuda de Hermano. Sem notícias de Nonato, ela se vê obrigada a contar a verdade para a mãe Cássia, que está no Recife. Cássia é de Sertão, mas há mais de 20 anos não volta à cidade – ela nunca explicou muito bem por que não gosta do local. A notícia de que Nonato está desaparecido, no entanto, leva a engenheira química de volta à terra natal. A primeira pessoa com quem ela esbarra, assim que chega à cidade, é Pedro Gouveia. Cássia nem imagina que ele pode estar envolvido no desaparecimento de Nonato.

Maria, a princípio, também não desconfia de Pedro. Mas o testemunho de Adauto acaba por mudar o rumo de sua investigação. Adauto teme depor contra Pedro, já que ele é o homem mais poderoso da cidade. O comerciante, no entanto, é induzido a fazê-lo quando recebe uma visita do juiz Ramiro (Fabio Assunção). Ramiro é rival de Pedro, com quem tem uma rixa antiga, e primo da mulher do empresário, Rosinete (Debora Bloch), por quem foi apaixonado na juventude. Ao saber do envolvimento de Pedro na briga com o rapaz desaparecido, Ramiro decide intervir na história a seu próprio favor.

Maria decide tirar satisfações com Pedro, que nega qualquer envolvimento no sumiço de Nonato. A situação sai do controle de Maria, que acaba se envolvendo num confronto violento com Pedro e, com medo de ter o mesmo destino do irmão, foge para o Lajedo dos Anjos, comunidade do líder religioso Samir (Irandhir Santos). Lá, conhece Simplício (Lee Taylor) e Mudinho (Démick Lopes), a quem se une para descobrir o destino de Nonato, seu irmão desaparecido. E assim Simplício se apaixona loucamente por Maria.

Cássia, sem saber o paradeiro do filho Nonato e nem da filha Maria, se instala novamente em Sertão. É quando Ramiro se aproveita desse momento de fragilidade para se aproximar dela. Assim como Pedro, o juiz se sente atraído por Cássia, mas também se vale da situação para usá-la no ataque a seu inimigo. Cássia, destemida e sagaz, precisa seguir adiante na busca pelos filhos, mas sempre atenta aos perigos de um território repleto de hostilidades.

Esse é o eixo que move a trama de “Onde Nascem Os Fortes” que será exibida na faixa global das onze da noite. O elenco foi muito bem escolhido, assim como os locais onde as cenas foram feitas. É para fazer sucesso.  

 

Quem é quem?!

 

- Pedro Gouveia (Alexandre Nero) - Dono da maior fábrica de bentonita da cidade de Sertão é um homem determinado e encantador. Construiu a fortuna com a força do trabalho.

 

- Rosinete (Debora Bloch) - Bem-nascida, casou-se jovem com Pedro Gouveia, quando ele ainda não havia construído seu império. Sofre com um casamento que os anos transformou em hábito. Religiosa e obsessiva usa o exercício físico como penitência e expiação.

 

- Hermano (Gabriel Leone) - Filho adotivo de Pedro e Rosinete; sempre se sentiu amado, como a filha de sangue Aurora. Foi educado para assumir os negócios da família.

 

- Aurora (Lara Tremouroux) - Filha caçula de Pedro e Rosinete foi muito desejada antes de nascer. Tem lúpus, o que a faz ser superprotegida pelos pais. Sonhadora e romântica adora tocar sanfona e ver estrelas.  

 

- Valquíria (Carla Salle) - Bem-nascida e estudada, chega de São Paulo para trabalhar na fábrica de bentonita de Pedro Gouveia.

 

- Joana (Maeve Jinkings) - Amante de Pedro Gouveia, trabalha na fábrica de bentonita do empresário. Foi infiltrada por Ramiro (Fabio Assunção), que a chantageia por conta de um crime que cometeu.

 

- Ramiro (Fabio Assunção) - Juiz de Sertão. Formal e misterioso, é viúvo e criou sozinho o filho, Ramirinho (Jesuita Barbosa), com quem tem uma relação distante e difícil. Quer que o filho seja o que o filho não deseja ser. É rival de Pedro Gouveia.

 

- Cássia (Patricia Pillar) - Engenheira química, trabalha na estação de águas do Recife, onde mora desde que deixou Sertão e nunca mais voltou. Mãe dos gêmeos Maria e Nonato.

 

- Maria (Alice Wegmann) - Filha de Cássia é gêmea de Nonato. Em Sertão, se apaixona torridamente por Hermano.  

 

- Nonato (Marco Pigossi) - Filho de Cássia e irmão gêmeo de Maria. Aventureiro, se envolve numa briga de bar banal com Pedro ao flertar com Joana, amante dele. Ele desaparece após ser levado pelos seguranças do empresário.

 

- Ramirinho (Jesuita Barbosa) - Filho de Ramiro; às escondidas se traveste como Shakira do Sertão, DJ e cantor que se apresenta no Bodão Night Clube, boate de Sertão.

 

- Plínio (Enrique Diaz) - Delegado de Sertão. Oportunista e corrupto, se ressente por ter menos poder do que gostaria. Investiga o desaparecimento de Nonato. Faz jogo duplo: serve a Pedro e Ramiro, de acordo com seus interesses.

 

- Samir (Irandhir Santos) - Líder religioso, comanda o Lajedo dos Anjos, comunidade que recebe pessoas em busca de abrigo e paz espiritual. Homem íntegro e caridoso, decidiu dedicar a vida a fazer o bem ao próximo após uma grande decepção.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Agosto, 2018
Faturando - 43
13 de Agosto, 2018
A acupuntura promete melhorar bastante a beleza do corpo e a autoestima - 31
13 de Agosto, 2018
O CD Piano Rock - Glaucio Cristelo – Coletânea chegou nas lojas - 24
13 de Agosto, 2018
O filme A Viagem de Meu Pai chegou nas locadoras - 33
13 de Agosto, 2018
Frango Assado Inteiro Recheado Com Farofa - 41


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites