iFolha - Geninho investigado por invasão de área pública e construção de loja no Canterville

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Agosto de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 15/08/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 15 de Abril, 2018 - 20:58
Geninho investigado por invasão de área pública e construção de loja no Canterville

O ex-prefeito Eugênio José Zuliani, Geninho, está sendo investigado pelo Ministério Público de Olímpia, por ter, eventualmente, permitido a construção de um barracão para o funcionamento de uma empresa de aluguel de equipamentos para a construção civil. De acordo com o inquérito civil instaurado pela promotora de justiça Valéria Andréia Ferreira de Lima, responsável pela 2.ª Promotoria Pública local, o prédio teria sido construído em uma área que pertence ao município.

O que aparenta ser, nesse caso, é uma eventual invasão de área pública, está sendo investigada pela promotora Valéria Andréa Ferreira de Lima, a partir de uma representação formulada pelo vereador Hélio Lisse Júnior.


Segundo consta, na condição de prefeito municipal, Zuliani teria valido de sua influência dentro dos setores públicos, e autorizado a construção de um prédio comercial no lugar que pertenceria ao município.

Trata-se da construção de um barracão de cunho comercial, em terreno público, para o funcionamento da empresa LCG Aluguel de Equipamentos e Máquinas Ltda. – ME, um terreno localizado na Rua Projetada A, defronte à Rua Bumba Meu Boi, número 47, no Jardim Canterville, ao lado do Posto Califórnia, onde, na companhia de Maria Francisca Lopes, que seria sua sócia, teria implantado a empresa.

Ainda de acordo com a promotora informou à reportagem desta Folha da Região, neste caso já está marcada uma oitiva (depoimento) do fiscal de obras, que à época trabalhava para a Prefeitura Municipal da Estância Turística de Olímpia.

Embora o nome do fiscal não tenha sido divulgado, consta que a audiência está agendada para a sexta-feira da próxima semana, dia 20 de abril de 2018.

 



Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
15 de Agosto, 2018
Xande é preso por tráfico e denunciado como o autor do roubo de R$ 150 mil da AFPMO - 351
15 de Agosto, 2018
Menor é espancado por seguranças e servente sofre traumatismo craniano - 378
15 de Agosto, 2018
HB20 foi incendiado e moto e bolsa furtados em noite movimentada no Recinto do Fefol - 200
15 de Agosto, 2018
Diretor de escola de samba é preso por tráfico durante o Fefol - 377
13 de Agosto, 2018
Hugo Moura está faturando em presença vip - 107


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites