iFolha - Causos para sorrir; Caipira no hospital

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 14 de Agosto de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 14/08/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 26 de Março, 2018 - 15:47
Causos para sorrir; Caipira no hospital

Caipira no hospital

A mulher do caipira acorda de madrugada passando mal. Ele, preocupado, arruma a carroça logo cedinho e a leva no hospital, na cidade mais próxima.

Chegando lá, esperam um bom tempo. Com isso, a mulher piora, e o caipira fica desesperado. Finalmente, a médica chama os dois e começa a examinar a mulher:

— Deixe-me ver. A sua mulher não está com uma aparência muito boa. Repare nos olhos fundos, a pele esta escamosa e os lábios murchos. Além disso, o rosto está sem cor.

E o caipira olha bem para a doutora de cima para baixo e responde:

— Dona, se a senhora se olhar no espelho, vai ver que também não é lá essas coisas!

 

Coitado!

Toda tarde, quando saía do trabalho e ia para o ponto de ônibus, o homem via um desconhecido passar de carro e gritar:

— Aê, corno manso!

Depois de uma semana escutando tais desaforos, ele ficou desconfiado e foi pedir explicações à mulher:

— Não se preocupe, meu bem — tranquilizou ela. — Deve ser algum desocupado que faz isso em todo ponto de ônibus!

No dia seguinte, o homem vai para o ponto e espera por seu ônibus normalmente, até que o mesmo sujeito passa gritando:

— Aê, corno manso! Além de corno é fofoqueiro!

 

Correndo atrás do ônibus

Um ônibus estava no seu ponto final, em uma ladeira, quando, para o alívio de 50 passageiros apertados e impacientes, ele partiu ladeira abaixo. Um homem de certa idade começou a seguir o ônibus desesperadamente.

Um bêbado que estava no ônibus viu a cena e gritou:

— Esquece, coroa! Você não vai conseguir alcançar a gente é nunca!

E o senhor, ofegante:

— Eu não posso desistir! Sou o motorista!

 

A velha motorista

Um policial está na estrada, chegando ao Posto Rodoviário onde trabalha, ele avista um carro andando em baixíssima velocidade.

Imediatamente ele faz sinal para o carro parar e vai falar com o motorista. Aliás, a motorista é uma velhinha acompanhada de três amigas da mesma faixa etária.

— Não sei se a senhora sabe, mas andar devagar demais pode provocar um acidente! — adverte o guarda.

— Mas, seu guarda! Eu só estou obedecendo à sinalização! Será possível que hoje em dia, só porque ninguém respeita a sinalização...

— Um minuto, senhora! — interrompe o policial. — Posso saber que sinalização a senhora está respeitando?

A velhinha não diz nada. Só aponta uma placa onde está escrito "BR-050".

— Mas, minha senhora... Aquela placa não indica o limite de velocidade e sim o número da estrada, “BR-050”... Olha, eu não vou multá-la se a senhora prometer ter mais atenção, tudo bem?

— Tá certo... Tá certo...

— Só mais uma coisa — torna o guarda. — As demais senhoras estão passando bem? Elas parecem tão assustadas...

— Elas já vão melhorar! — responde à velhinha. — É que nós acabamos de sair da “BR 201”...

 

Brincando de exorcista

No final da noite, os dois bêbados conversam no boteco:

— Agora é só ir pra casa — um deles comenta — e começar a brincar de exorcista com minha mulher!

— Exorcista? — o outro bêbado se surpreende. — Como é que é brincar de exorcista?

— Muito simples! — o amigo responde. — Ela se faz de padre, fala um sermão e eu vomito!

 

Música de qualidade

No concerto de um grande pianista no Teatro Municipal, um homem que não entendia nada de música clássica pergunta ao vizinho:

— O senhor conhece música?

— Mais ou menos — responde o outro, vacilante.

— O que ele está tocando?

Nessa hora, o homem dá um sorriso confiante e responde com firmeza:

— Piano...

 

Na sala de aula

Na aula, a professora testa seus alunos:

— Zezinho, mostre no mapa onde fica a América.

O menino aponta um local no mapa.

— Muito bem! Agora, Joãozinho, me diga quem foi que descobriu a América?

— Foi o Zezinho, professora!


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
13 de Agosto, 2018
Faturando - 43
13 de Agosto, 2018
A acupuntura promete melhorar bastante a beleza do corpo e a autoestima - 31
13 de Agosto, 2018
O CD Piano Rock - Glaucio Cristelo – Coletânea chegou nas lojas - 24
13 de Agosto, 2018
O filme A Viagem de Meu Pai chegou nas locadoras - 33
13 de Agosto, 2018
Frango Assado Inteiro Recheado Com Farofa - 41


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites