iFolha - Jovens devem procurar UBS para receber doses da vacina contra HPV e Meningite C

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 17 de Agosto de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 15/08/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 19 de Março, 2018 - 19:39
Jovens devem procurar UBS para receber doses da vacina contra HPV e Meningite C

As vacinas contra o HPV e a Meningite C estão disponíveis na rede municipal de saúde durante o ano todo para diversas faixas etárias. Mesmo com esta disponibilidade, muitas crianças e adolescentes não procuram as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para serem imunizados. Por isso, a secretaria de Saúde da Estância Turística de Olímpia, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, iniciou uma ação de conscientização e mobilização para imunizar crianças e adolescentes, reforçando em todas as UBS a importância da prevenção.

Segundo dados fornecidos pelo DATASUS do Ministério da Saúde, o município registrou, em 2017, a aplicação de 833 doses da vacina contra Meningite C e 2.503 contra HPV, sendo 1.524 doses em meninos e 979 em meninas.

A vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) é destinada para meninas entre 9 e 14 anos e meninos entre 11 e 14 anos. Meninos e meninas devem tomar duas doses da vacina HPV, com intervalo de seis meses entre elas. Para os meninos, a estratégia tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV. Nas meninas, o principal foco da vacinação é proteger contra o câncer de colo do útero, vulva, vaginal e anal; lesões pré-cancerosas; verrugas genitais e infecções causadas pelo vírus.

O HPV é transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para o filho no momento do parto.

Em relação à Meningite, as doses serão aplicadas em adolescentes com idades entre 11 a 14 anos. A Meningite é transmitida por vias áreas, ou seja, se a bactéria estiver presente no ambiente com grandes aglomerações e alguém estiver com a imunidade baixa corre o risco de ser contaminado. Os primeiros sintomas são fortes dores de cabeça, febre alta, náuseas e dores na nuca.

De acordo com a secretária de Saúde, Sandra Lima, imunizar é essencial para evitar o contágio de doenças. “As vacinas estão disponíveis durante o ano todo nas UBS. É preciso que os pais e os responsáveis levem os jovens para receber as doses”, explica a secretária.

Para receber as doses, é preciso comparecer em uma UBS munido com a carteira de vacinação. Além disso, com a caderneta de vacinação em mãos, os profissionais da saúde também analisarão se há outras vacinas em atraso.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
15 de Agosto, 2018
Xande é preso por tráfico e denunciado como o autor do roubo de R$ 150 mil da AFPMO - 352
15 de Agosto, 2018
Menor é espancado por seguranças e servente sofre traumatismo craniano - 378
15 de Agosto, 2018
HB20 foi incendiado e moto e bolsa furtados em noite movimentada no Recinto do Fefol - 200
15 de Agosto, 2018
Diretor de escola de samba é preso por tráfico durante o Fefol - 377
13 de Agosto, 2018
Hugo Moura está faturando em presença vip - 107


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites