iFolha - Saúde investiga causa da morte de macaco no Pito Aceso

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 19 de Janeiro de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 17/01/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 29 de Janeiro, 2018 - 10:37
Saúde investiga causa da morte de macaco no Pito Aceso

Embora as primeiras informações deem conta de que o animal tenha morri­do eletrocutado, a Secretaria Municipal de Saúde está investigando qual teria sido o motivo que tirou a vida de um macaco, da espécie sagui, que foi encontrado morto no Jardim São Benedito, conhecido popularmente por Pito Aceso, no dia 12 de janeiro próximo passado, nas proximidades da sede do Sindicato dos Bancários de Olímpia.

De acordo com a assessoria, o animal foi recolhido imediatamente por agentes do controle de zoonoses, com a suspeita inicial de que ele tenha si­do eletrocutado pelo fato de ter sido visto por moradores circulando pela rede elétrica da CPFL, tomado um choque e caído ao chão.

Mesmo assim, as vísce­ras do animal foram retiradas por um veterinário e encaminhadas para exames do Instituto Adolfo Lutz, na capital paulista, e, por medidas de precaução, foi realizada a nebu­lização da área, contra a presença eventual do mosquito Aedes-aegypti.

A Prefeitura ressalta ainda que o morador que encontrar algum macaco mor­to deve comunicar à Vigilância Epidemiológica, pelo telefone (17) 3279-1400, para retirada do animal e ações de segurança. Essa preocupação se dá em razão de na microrre­gião terem sido registra­dos casos de macacos que morreram por causa da febre amarela, principalmente em Cajobi.

Por outro lado, o poder público também tem garantido a vacinação de toda a população. Vale lembrar que, em Olímpia, não há registros de casos positivos de Febre Amarela em humanos há décadas e macacos, que são os principais hospedeiros do vírus, nunca foram diagnosticados com a doença na cidade.

 


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
17 de Janeiro, 2019
Tereos faz “feirão de empregos” no ginásio de Esportes e abre 700 vagas na região - 110
17 de Janeiro, 2019
Pacaembu lança Pedra Fundamental do Vida Nova Olímpia 2 que terá 539 moradias - 154
14 de Janeiro, 2019
Participação especial - 66
14 de Janeiro, 2019
Curtindo o Verão sem medo de ser feliz - 58
14 de Janeiro, 2019
CD novo de Henrique & Diego chegou nas lojas - 69


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites