iFolha - Moradores reclamam de esgoto a céu aberto e lixo jogado em mato alto no Jardim Harmonia

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 22 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 21 de Janeiro, 2018 - 23:29
Moradores reclamam de esgoto a céu aberto e lixo jogado em mato alto no Jardim Harmonia

Sem pelo menos sentir que teriam respaldo da Pre­­­feitura Municipal, moradores do Jardim Harmonia, na zona leste, estão reclamando de várias situações como, no caso do mato alto existente à margem do córrego dos Pretos, de onde saem bichos e insetos peçonhentos, local que, inclusive seria utilizado por próprios moradores do bairro e, além dis­­so, do esgoto que está correndo a céu aberto, a partir da tampa de um Po­ço de Visita (PV), conhecido também por boca de lo­bo, que foi instalada em uma das várias rotatórias do bairro.

Parte das reclamações vieram do auxiliar de soldador, Sérgio Reis Neris, que reside na Rua Giusep­pe Zuliani, reclama que perto de sua casa há postes sem iluminação e muito lixo jogado no mato. Além disso, há entulhos, móveis velhos, eletroe­le­trônicos – como aparelhos de televisão velhos.

“O maior problema é quando jogam restos de co­mida, cachorro morto. A gente que mora aqui perto sente o mau cheiro. Além do mato alto onde também eles jogam sujeiras”, contou.

Ele deixa a impressão de que conhece as pessoas que jogam o lixo no local. “A gente que mora aqui não adianta falar. A gente reclama e eles falam que a gente não manda ali”.

A dona de casa Sidneia Gonçalves dos Santos, que tem quatro filhos, reside na mesma rua, também reclama do mato e da sujeira. “Já achei cobras, escorpiões e baratas. Fora que as crianças brincam nesse mato e é perigoso. A iluminação é outro problema. Não tem e é tudo escuro. Não dá para a gente ver nada. Não tem como viver desse jeito. Não tem cabimento. Tem que dar um jeito”, reclama.

ESGOTO A CÉU ABERTO

O auxiliar de depósito José Nilson dos Santos, que reside na Rua Agenor Storti, bem próximo da rotatória onde há um vazamento constante de esgoto, reclama do mau cheiro desse esgoto e de bichos peçonhentos. “O mau che­iro de esgoto. Escorpião que vem do mato e entra em casa. Meu filho vai nascer agora e tem es­se problema do esgoto. Precisa tomar providências para cuidar mais do bairro. Está abandonado”, relatou.

A faxineira Gerusa Or­ne­las da Costa, que mora na Rua Hélio Alberto Zacca­rel­li, também reclama dos mesmos problemas: “Todos os problemas como: rato, por causa da sujeira; escorpião, eu já fui picada por um, inclusive; dengue, eu, meu filho e meu marido, por causa do lixo”.

Mas ela reclama também da falta de iluminação e que por isso tem mu­ito tráfico de drogas e “mu­ita bagunça aqui em baixo”. “E nós estamos sem força de ficar brigando para poder coibir eles de virem fazer alguma coisa errada aqui em baixo”, acrescentou.

“Já brigamos com vizinhos, e já discutimos, mas não tem resultado. Colocamos placa para eles pararem de jogar lixo. Parece que deu uma sossegada, mas aqui a um tempo eles voltam de novo. Inclusive, são moradores do quarteirão que jogam lixo aqui”, concluiu.

O instalador Marcos Batista da Silva, que reside na Rua Elza Ferrari Mori, também tem enfrentado os mesmos problemas. “O problema nosso é mais a falta de limpeza dos terrenos e a iluminação que che­ga a noite fica até invi­ável sair para a rua. Não têm segurança porque tem pouca visibilidade”.

De acordo com ele, prometeram a iluminação durante a campanha eleitoral, mas colocam apenas os postes deixando os mes­mo sem os bicos de luz. Por isso, segundo ele já houve vários furtos de valores, bicicletas e até de motocicletas. “Aqui também tem problemas de bichos peçonhentos como: escorpião, cobras e aranhas. A situação é caótica para a gente que tem filhos pequenos”, lamenta.

OUTRO LADO

Por outro lado, ao ser con­­­sultada a respeito dos problemas apontados pe­la população daquele ba­irro, a assessoria da Prefeitura, por meio da secretaria Municipal de Obras, esclarece que a limpeza do local foi programada para o início da próxima semana.

Já quanto ao esgoto, a in­formação foi de que na tarde de quinta-feira desta semana, dia 18, a Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente - Daemo Ambiental fez a desobs­tru­ção da rede para solução do problema.

Além disso, a Prefeitura solicita ainda que se os vizinhos tiverem fotos de quem jogo o lixo encaminhar para a Prefeitura, pois os mesmos serão autuados.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
22 de Outubro, 2018
Depois da tempestade sempre vem a Bonança! - 121
22 de Outubro, 2018
Gesseiro ateia fogo em colega que fica com 70% do corpo queimado - 91
22 de Outubro, 2018
STJ anula julgamento dos irmãos que mataram Fedato - 216
22 de Outubro, 2018
Rapaz tenta matar avô da ex-namorada no São Francisco - 252
21 de Outubro, 2018
Batida frontal mata mãe e filha de Altair na SP 425 - 218


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites