iFolha - Situação depõe contra desenvolvimento do turismo na Estância Turística de Olímpia

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 22 de Outubro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/10/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 31 de Dezembro, 2017 - 14:56
Situação depõe contra desenvolvimento do turismo na Estância Turística de Olímpia

A prática da captação ostensiva que tem incomodado não só os turistas que vêm à cidade aproveitar a qualidade das águas e dos brinquedos dos clubes locais, mas também pessoas nativas já está depondo contra o desenvolvimento do setor turístico de Olímpia. São várias e cen­tenas as reclamações de turistas pela internet elogiando o Thermas e criticando a situação. Aliás, existem até processos na justiça questionando este sistema que acaba sendo invasivo e já é motivo de mais de 400 reclamações somente no site Reclame Aqui.

No Facebook, por exemplo, selecionamos a de uma turista de nome Ta­tia­­na que afirmou que a estrutura do parque é legal, porém algumas coisas deixam a desejar e, entre elas, “aquele pessoal toda hora te abordando no parque. Sinceramente não fiquei com vontade de voltar”.

Outra, MS, de Nova Odessa, sobre o parque afirmou: “Parque muito bonito, com muitas atrações fantásticas!”. Após citar algumas sugestões pa­ra o parque melhorar, ressaltou: “O que mais me incomodou foram os corretores imobiliários que nos perseguiram desde a entrada do estacionamento, até dentro do parque! Dentro do parque achei um ABSURDO, você está lá para se divertir e a todo momento tem alguém te abordando...”

RS, de Indaiatuba, destacou: “o parque é exce­len­te, a estrutura, as atrações. Porém, no horário de verão os brinquedos podiam funcionar até mais tarde, às 18h desligam todas. E o pessoal que fica te a­bor­­dando o dia inteiro que­rendo te vender apartamento, cotas disso e daquilo, ninguém merece, por favor, parem com isso que enche o sa­co!”.

JP, de São Paulo, vai na mesma linha. Primeiro elogia o parque e depois lamenta o fato de ser abordada por cap­ta­do­res. “Segundo ano que estive no parque! Melhor parque aquático que conheci. Tem uma estrutura incrível, somente em 1 dia é impossível conhecê-lo todo e aproveitá-lo. Tem todo tipo de alimentação nos bares e restaurantes, preço acessível, fizemos uso dos armários para guardar todos nossos pertences. (...) O pior da região são os vendedores insistentes te oferecendo um ingresso gratuito, mas você deve assistir a palestra e te forçam comprar um apto, até você perder a paciência, deveria ser proibido, fiquem atentos”.

VENDEDORES

INCONVENIENTES

JR, também de São Paulo, enfatizou: Fomos em um grupo de 4 pessoas, no dia 09/12 (sábado), o parque é maravilhoso! As filas são grandes, porém são rápidas, dá pra aproveitar bastante! Quanto mais cedo, melhor! Pontos negativos: a fila da montanha russa, que nunca diminuí rs e os vendedores de imóveis TOTALMENTE INCONVENIENTES, que se apresentam como se fossem ajudar os turistas, mas querem empurrar vendas, atrasando o passeio, entrando até mesmo na frente dos carros (bem zuado mesmo), sorte que eu já tinha lido aqui sobre isso, então logo percebi e não demos atenção. Recomendo o parque!! Espero poder voltar em breve”.

VT, da região de Cotia, afirmou: “Adoro o parque e suas atrações, lugar lindo, agradável, piscinas quentinhas, porém recomendo não ir de fim de semana, feriado nem pensar, será um caos, durante a semana é ótimo, dá pra aproveitar muito. Fila na semana, só na montanha russa e não chega a uma hora. Ponto negativo, o parque está cheio de vendedores de empreendimentos, que abordam várias vezes as mesmas pessoas e não respeitam quem não tem interesse, terrível”.

No site Reclame Aqui, a coisa fica preta. São quase 600 reclamações e só uma das empresas de capta­dores tem quase 400. O Thermas acaba tendo 67, quase a metade relacionada a captadores no interior do parque e nas imediações. Sem contar os sites de viagem em que também é grande o número de visitantes que ressaltam as maravilhas do Ther­mas e o desconforto e a situação vexatória que é imposta pelo sistema de captação ostensiva, que na verdade torna-se invasiva, desrespeitosa, inconveniente, entre outros termos usados pelos visitantes.



Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
22 de Outubro, 2018
Depois da tempestade sempre vem a Bonança! - 112
22 de Outubro, 2018
Gesseiro ateia fogo em colega que fica com 70% do corpo queimado - 86
22 de Outubro, 2018
STJ anula julgamento dos irmãos que mataram Fedato - 200
22 de Outubro, 2018
Rapaz tenta matar avô da ex-namorada no São Francisco - 240
21 de Outubro, 2018
Batida frontal mata mãe e filha de Altair na SP 425 - 208


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites