iFolha - População vive consternação pré-natalina com falecimento do cantor Rafael Peleleco

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 21 de Fevereiro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/02/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 24 de Dezembro, 2017 - 13:43
População vive consternação pré-natalina com falecimento do cantor Rafael Peleleco

A RODOVIA ...
... pelo número de mortes que tem causado desde que foi reformada pelo governo estadual, implantando trevos e equipamentos que podem ter sido mal planejados e ou mal dimensionados, já está sendo chamada de “Nova Rodovia da Morte”, se equiparando a Armando de Salles Oliveira a antiga rodovia da Laranja em nossa região.

CLARO, ...

... as causas não podem ser creditadas apenas ao bom ou mal planejamento da reforma da via, já que também aumentaram o número de veículos, a falta de educação no trânsito e tudo o mais.

NO ENTANTO, ...

... o ponto mais objetivo, mais real, fático, incontestável, é que muitos pais já choraram a morte de seus filhos nesta rodovia reformada para ficar melhor e que acabou ficando muito mais perigosa.

E NÃO FOI ...

... diferente com a assistente social e agora Bacharel em Direito, Edna Marques e, justamente num período de confraternização, onde as energias positivas tendem a brotar de cada ser, promovendo um congraçamento ímpar, só visto nesta ocasião.

EDNA ...

... vive, no momento, uma situação que ninguém está preparado para enfrentar. No rito normal da vida, a sequência lógica é sempre os mais novos enterrarem os seus ascendentes e não o contrário.

FORA ISSO, ...

... ao que se informa, ambos, Edna e Rafael, retornavam de uma chácara onde tinham comemorado com a família, mais uma feito da matriarca que se graduou em Direito pela Uniesp de Olímpia.

EDNA ...

... pelo que disseram pessoas ligadas a ela, voltava do local da festa, em outro carro, seguindo o filho que vinha à frente na companhia da filha dele e neta de Edna.

ENFIM, ...

... teria presenciado todo o desenrolar dos acontecimentos. Desde quando teria visto dois carros vindo em alta velocidade no sentido contrário, até o átimo de segundo do choque, do destroçar de ferragens, do rasgar de carnes, do acomodar do desastre, quando o silêncio é interrompido pelo gemido de quem se feriu.

O MOMENTO ...

... seguinte teria sido ainda mais dilacerador, ao ver a netinha saindo do carro e, ao ouvir o desespero do filho, demonstrando, com certeza, um misto de dor e incredulidade de quem deriva da consciência ao inconsciente, sem ter qualquer resquício de certeza, qualquer confirmação da razão, sobre aquele palco horrendo, sobre cenas chocantes que ninguém, em sã consciência, pretende ser nem espectador.

NÃO DÁ ...

... para imaginar com certeza, nem dimensionar com exatidão, a extensão da dor, do sofrimento, da angústia, daquele furacão que brota dentro do peito, que faz com que em segundos, questionemos todo o sentido da vida e da própria crença, aqueles que creem.

A IDA ...

... para UPA, a transferência para o hospital e a constatação de que uma vida alegre e descontraída se esvai, de um ser que trabalhava com o sentimento alheio, tentando motivar emoções e se contentava com o brilho e o sorriso estampado nos olhos de quem conseguia tocar o coração.

COMO ...

... explicar esta mudança brusca de caminho que, sem dúvidas, resultará numa ferida aguda e latejante que poderá levar tempos para cicatrizar, eis que não tem cura, mas apenas o amainar através do entendimento da própria vida e a convivência obrigatória do ser consigo mesmo?

NO FACEBOOK, ...

... no Whatsapp, enfim, em toda a internet, nas ondas do rádio, a incredulidade foi a patente, a consternação se fez presente.

AMIGOS, ...

... fãs, e mesmo quem nem o conhecia, não conseguia ficar estático diante de um fato marcante, principalmente diante de tantas circunstâncias inexplicáveis.

NUM DIA ...

... de alegria em que se comemorava mais uma batalha vencida pela matriarca da família. Ao lado de uma filha pela qual tinha um amor arrebatador. Com a mãe assistindo como se presenciasse um filme de terror, faltando apenas três dias da maior festa de confraternização, do momento em que tudo é amor. Sem contar as próprias regras naturais da vida que têm como parâmetros que seria muito jovem para morrer e que ainda tinha muito por fazer.

NO VELÓRIO, ...

... a incredulidade era ainda maior. Um grande número de pessoas parecia que tinha que ver para poder acreditar.

MAS DE ...

... tudo isso fica a lição de que muito precisa ser feito para conter este avanço da violência, da insegurança em nossas estradas e do próprio recrudescimento das perspectivas de se ter um mundo melhor.

AGORA, ...

... fica a todos a lição de que será necessário sempre vibrar energias positivas, principalmente aproveitando os momentos em que estas energias se juntam, se complemen­tam e formam grandes dimensões de amor, para que consigamos ter em mente sempre que a única saída está justamente em se tentar viver a maioria dos nossos dias como se estivéssemos nestes momentos de junção de vibrações, de energias, que o cara de quem se comemora o nascimento, chamava de amor incondicional.

 

José Salamargo ... brotando energia positiva para desejar que consigamos comungar pensamentos capazes de adequar as grandes transformações que estão por vir em algo que possamos chamar de justiça social.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
19 de Fevereiro, 2018
Homenagem - 39
19 de Fevereiro, 2018
Envelhecer é inevitável, mas você pode ter muito prazer nesse processo natural - 26
19 de Fevereiro, 2018
Envelhecer é inevitável, mas você pode ter muito prazer nesse processo natural - 40
19 de Fevereiro, 2018
O CD Eles & Elas - Duetos chegou nas lojas - 36
19 de Fevereiro, 2018
O filme It: A Coisa chegou nas locadoras - 36


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites