iFolha - O livro Éramos Mais Unidos aos Domingos está nas livrarias

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 15 de Agosto de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 15/08/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 25 de Setembro, 2017 - 19:01
O livro Éramos Mais Unidos aos Domingos está nas livrarias

Zero K
Quando, a convite do pai, o jovem Jeffrey Lockhart viaja a uma zona remota do planeta para dizer adeus à madrasta, Artis, debilitada por uma doença degenerativa, ele se depara com algo com que nunca sonhou. Artis está, na verdade, prestes a ser depositada em uma cápsula criogênica, em um imenso complexo médico e tecnológico projetado para armazenar corpos humanos por tempo indeterminado. Exposto a dispositivos insólitos, Jeffrey é forçado então a avaliar suas percepções e crenças. Do distanciamento do pai à morte da mãe, ele se vê diante de uma série de lembranças dolorosas, que parecem determinantes para seu futuro. Enxergando mais longe do que qualquer outro escritor, Don DeLillo parte de uma realidade ainda incipiente — as técnicas de criogenia que prometem nada menos do que a superação da morte — para arquitetar uma narrativa surpreendente, com ares de ficção científica, sobre os mistérios da vida e da morte. Com 272 páginas, o livro é da Editora Companhia das Letras.



1941 – O Mundo em Chamas
Em janeiro de 1941, a Europa emerge do choque de 1940. Na Inglaterra, o contra-ataque se organiza. De Gaulle e Churchill estão certos de que a guerra vai se tornar mundial, de que os Estados Unidos decidirão participar e de que Hitler terminará por atacar a União Soviética de Stalin, assinando assim sua derrota. Cresce o número de civis mortos pelos bombardeios. É também o momento dos primeiros massacres de judeus no Oriente. Em 22 de junho de 1941, as tropas alemãs invadem a Rússia. Em 7 de dezembro, os Estados Unidos são atacados pelos japoneses em Pearl Harbor. Em “1941 – O Mundo em Chamas”  ouvimos as vozes de todos os atores envolvidos nesses doze meses trágicos - Churchill, De Gaulle, Hitler, Stalin, Roosevelt, Rommel ou Jean Moulin, mas também desconhecidos, conscientes da importância vital dos seus testemunhos. Um relato grandioso escrito pelo renomado historiador francês Max Gallo. Com 288 páginas, o livro é da Editora Objetiva.



Nasci Para Isso
Para quem vê de fora, uma pessoa que tem o emprego dos sonhos parece ter ganhado na loteria das profissões: com a sorte de fazer o que ama e ainda ganhar para isso! Mas achar um trabalho bacana não é uma questão de sorte ou acaso, e este livro mostra que existe sim um método para se encontrar a atividade certa para cada um de nós. Chris Guillebeau criou um guia prático para como conseguir isso — seja como funcionário de uma empresa ou optando por um caminho de profissional autônomo. O autor ensina uma série de lições para nos ajudar a descobrir o que queremos e como consegui-lo, sempre ilustradas com histórias inspiradoras daqueles que conseguiram a carreira dos sonhos, e em seguida explora um menu de opções pensadas para ajudar a pôr em prática esses ensinamentos. Com 288 páginas, o livro é da Editora Portfolio Penguin.



Éramos Mais Unidos aos Domingos
Um dos mais divertidos de nossos cronistas, numa seleção com textos engraçados, líricos ou francamente debochados. Eis a receita que, até hoje, faz do carioca Sérgio Porto (1923-1968) ser reconhecido como um dos mestres desse tipo de texto leve que fala do cotidiano de todos nós. E sua escrita vai além: a linguagem das ruas, as situações inusitadas do dia-a-dia, a comédia da vida privada, as transformações dos costumes nas grandes cidades brasileiras, as mentiras que contamos para os outros, a convivência com os vizinhos. Tudo isso vem recuperado numa prosa deliciosa, que demonstra um ouvido apurado para capturar a realidade, transformando-a em literatura e em diversão. Com 168 páginas, o livro é da Editora Boa Companhia.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
15 de Agosto, 2018
Xande é preso por tráfico e denunciado como o autor do roubo de R$ 150 mil da AFPMO - 102
15 de Agosto, 2018
Menor é espancado por seguranças e servente sofre traumatismo craniano - 83
15 de Agosto, 2018
HB20 foi incendiado e moto e bolsa furtados em noite movimentada no Recinto do Fefol - 47
15 de Agosto, 2018
Diretor de escola de samba é preso por tráfico durante o Fefol - 92
13 de Agosto, 2018
Hugo Moura está faturando em presença vip - 65


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites