iFolha - Comerciante acredita que Whatsapp teria que achar forma de evitar o uso negativo

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 22 de Janeiro de 2018
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/01/2018
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Social
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Coluna do Ivo
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Olímpia FC - TV
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 31 de Julho, 2016 - 15:36
Comerciante acredita que Whatsapp teria que achar forma de evitar o uso negativo

O comerciante Adalberto Carlos dos Santos, proprietário do Rato Mototáxi, além de ressaltar a importância do Whatsapp que, para ele teria revolucionado a comunicação no mundo inteiro, ao comentar a sua paralisação via judicial, afirmou que os próprios técnicos do aplicativo deveriam encontrar uma forma de inviabilizar o seu uso para fins negativos.

Adalberto entende que o aplicativo alavanca bastante as chamadas em seu estabelecimento comercial e a interrupção realmente prejudicou bastante não só o lado profissional, mas também o particular.


“É um aplicativo que veio revolucionar o mundo inteiro – complementa o comerciante -, a gente tem parentes no exterior a se comunica pelo WhatsApp também. Então vale muito a pena ter isso hoje, influência muito no nosso contato direto tanto particular como nos negócios”.

Sobre o dia em que o aplicativo esteve fora do ar, o comerciante destaca: “O prejuízo sempre há. No nosso caso, o atendimento acabou sendo suprido pelo nosso serviço de 0800, mas realmente tem prejuízo sim, porque o pessoal se comunica pelo Whatsapp e é custo zero para empresa e para as pessoas”.

Já a respeito da situação que a justiça vem provocando tirando o aplicativo do ar, Adalberto sugere que oi próprio WhatsApp encontra uma saída para evitar essa situação. “A gente não entende, existem coisas erradas, o Whatsapp funciona para várias coisas, por exemplo para a gente trabalhar. Este seria o lado positivo. Mas também existe o lado negativo, que são essas coisas impróprias, o pessoal utilizar o aplicativo para fins ilícitos, em cima disso acho que deveria haver um sistema que pudesse brecar essas coisas. Uma interceptação no caso para que não ocorra essa divulgação no WhatsApp, essa circulação”, concluiu.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
22 de Janeiro, 2018
Bumbum endoidado - 11
22 de Janeiro, 2018
Aproveite o Verão, mas cuidado com o sol - 8
22 de Janeiro, 2018
O CD Sambas de Enredo Carnaval 2018 está nas lojas - 8
22 de Janeiro, 2018
O filme IT: A Coisa chegou nas locadoras - 9
22 de Janeiro, 2018
Bolo de Laranja - 9


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       






























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites