iFolha - Lavrador de Campo Grande perde R$ 39 mil em golpe da venda de trator

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 15 de Junho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 11/06/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 27 de Março, 2008 - 21:11
Lavrador de Campo Grande perde R$ 39 mil em golpe da venda de trator


O delegado titular de Olímpia, João Brocanello Neto, determinou a instauração de um inquérito policial na Delegacia de Polícia local, com a finalidade de apurar um possível golpe com a intenção de extrair dinheiro da vítima, através da negociação de um trator. Estão sendo apurados os crimes de estelionato, golpe e formação de quadrilha.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia, na manhã da quinta-feira, dia 27, os crimes teriam sido praticados contra o agricultor João Odair Caccia, de 49 anos de idade, que reside em São Bento, cidade de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do Sul.

O delegado está investigando as possíveis participações de uma pessoa até agora identificada apenas por Geraldo, um comerciante olimpiense, um arrendatário e um possível titular de uma conta bancária em São Carlos.

Consta que a negociação da máquina agrícola teria acontecido no Auto Posto Rei do Suco, que fica às margens da rodovia Assis Chateaubriand, próximo do trevo de acesso ao bairro rural do Lambari.

Segundo informou Caccia na delegacia, algum tempo atrás, uma pessoa que se dizia vendedor, que se identificou com o nome de Geraldo, passou pela sua cidade dizendo que possuía uma máquina nas especificações que necessitava.

Contou também o lavrador que depois entrou em contato com o tal Geraldo e começou uma negociação que durou cerca de oito dias.

Caccia veio até Olímpia nesta quinta-feira, porque havia combinado de encontrar o mesmo no Auto Posto Rei do Suco.

Chegando lá, Caccia esperou algum tempo e depois Geraldo teria chegado em companhia de uma outra pessoa, identificada pelo nome de Jair, utilizando um carro Fiesta, com placas de Londrina, Estado do Paraná.

Saíram os três do posto e se dirigiram até uma propriedade rural distante cerca de seis quilômetros do local, onde lhe foi exibido um trator da marca Valmet, ano 1990, modelo 1280, que estava sendo utilizado na colheita de amendoim.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, houve uma negociação e Caccia acertou a compra da maquina agrícola pelo valor de R$ 39 mil à vista.

Ele passou, então, seus dados para emissão da nota fiscal e também recebeu os dados para a transferência do dinheiro para uma conta bancária na agência da Caixa Econômica Federal, da cidade de São Carlos.

Caccia, após ver o trator e sentir que o negócio era seguro, telefonou para sua agência bancária solicitando a transferência do dinheiro para a conta indicada pelos vendedores.

Ele veio para Olímpia para organizar o embarque do trator e depois foi até o posto onde ficou aguardando o tal Geraldo para embarcar a máquina e pegar a nota fiscal.

Como o tempo foi passando e nada do tal Geraldo chegar, ele acabou ligando para o número do telefone celular do mesmo que explicou que estava demorando porque tinha de reconhecer a firma (assinatura) dos documentos.

Depois, cansado de esperar, o agricultor se dirigiu até a fazenda onde o tratar estaria trabalhando, mas não mais encontrou a máquina que haviam lhe mostrado.

Um funcionário da fazenda teria informado que o proprietário, de nome Jair, teria ido buscar o mesmo por volta das seis horas da tarde.

Um investigador da polícia civil acompanhou o agricultor até a propriedade rural onde identificaram uma pessoa com o nome de Luiz, que aparece como arrendatário da fazenda, que confirmou ter visto o momento em que o agricultor teria testado o trator junto com o possível corretor e vendedor.

Ao investigador, o arrendatário da propriedade rural, confirmou que no final da tarde o proprietário do trator retirou o trator do local afirmando que não havia recebido nenhum depósito.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
11 de Junho, 2019
Tema atual - 97
11 de Junho, 2019
O poder da sobrancelha bem cuidada - 108
11 de Junho, 2019
O CD Pedro Pedreiro / Sonho de um Carnaval - Chico Buarque de Hollanda está nas lojas - 92
11 de Junho, 2019
O filme Escola da Morta chegou - 99
11 de Junho, 2019
Bolinho de Batata - 118


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites