iFolha - Detentos se rebelam e ateiam fogo em colchão da cadeia de Altair

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 18 de Agosto de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 18/08/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 18 de Março, 2008 - 19:54
Detentos se rebelam e ateiam fogo em colchão da cadeia de Altair


Embora esteja havendo dificuldades para acesso a mais informações, de acordo com o que foi divulgado pelas emissoras de rádio de Olímpia, no final de semana passado houve pelo menos o início de uma rebelião e detentos teriam ateado fogo em um colchão no pátio de sol da cadeia pública de Altair.

O local, que tem área suficiente para abrigar 12 presos, chegou a ter 41 na semana passada, embora exista decisão liminar da justiça local limitando em 16 o número de presos.

A informação divulgada dá conta de que o próprio carcereiro, Juliano Rodrigues Matos, teria conseguido debelar as chamas e, posteriormente, comunicado o fato à 2.ª Companhia de Polícia Militar de Olímpia, que se dirigiu até Altair para dar mais segurança, tanto aos próprios detentos, quanto aos moradores da cidade.

Consta que a tentativa de rebelião teria iniciado na madrugada do domingo, dia 16, para a segunda-feira, dia 17. Porém, há outras informações, também não oficiais, de que a tentativa teria acontecido ou na tarde do sábado, dia 15, ou na tarde do próprio domingo.

Ainda segundo foi divulgado na manhã da segunda-feira, quando da tentativa de rebelião a cadeia de Altair estaria com 39 detentos, isto porque na tarde da quinta-feira, dia 13, dois haviam sido beneficiados pela justiça com liberdade provisória e deixado imediatamente o local.

Ao que consta, a ação dos detentos teria ocorrido em razão de terem notícia de que a transferência de presos para diminuir a lotação para apenas 16, decidida pela justiça da comarca, seria realizada até na sexta-feira, fato que acabou não sendo confirmado.

Outra informação que correu nos bastidores policiais no final de semana é a de que teria sido cassada a liminar da justiça local limitando em 16 o número de presos.

No entanto, segundo o coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB local, Oscar Albergaria Prado, na terça-feira, 19 de março, não havia nenhuma informação nesse sentido constando do processo que corre na justiça local.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
18 de Agosto, 2019
Niquinha denuncia suspeita de que há membro da Comissão do Fefol envolvido com Estacionamento - 5
18 de Agosto, 2019
Erros de grafia em letreiro gigante do Fefol e em novos ônibus urbanos geram polêmica na internet - 48
18 de Agosto, 2019
Presidente de Comissão Paulista dá a entender que Festival pode estar sendo “parafolclorizado” - 38
18 de Agosto, 2019
Prefeito aumenta mais ainda previsão superestimada de público do 55º Fefol - 15
18 de Agosto, 2019
Um governo com métodos do passado e que pode produzir um futuro catastrófico - 42


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       


































Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites