iFolha - Homem morre afogado em Guaraci depois de ser empurrado dentro da represa por colega

Ifolha - Folha da Região


Olimpia, 15 de Junho de 2019
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 11/06/2019
REGISTRE-SE
SUGIRA O SITE PARA UM AMIGO

 


Notícias
Arte e Cultura
Cidades
Comportamento
Economia/Turismo
Educação
Esportes
Falecimentos
Geral
Justiça
Polícia
Política
Saúde
Entretenimento
Bastidores/TV
Beleza
CD/Dicas
Cinema
Classificados
  - Casas
  - Carros
  - Motos
  - Diversos
Coluna da Bruna
Culinária
  - Doces
  - Salgados
Datas
Dicas
Empresas
Horóscopo
Humor
Livros
Notícias/TV
Novelas
Perfil/TV
Viagem
Viver Bem
Opinião
Artigos
Coluna do Arantes
Editorial
Zanoliando
Rádio / TV
Canal da Nicole
Radio iFolha
TViFOLHA

Ifolha

Olimpia, 13 de Março, 2008 - 17:53
Homem morre afogado em Guaraci depois de ser empurrado dentro da represa por colega


O Corpo de Bombeiros de Olímpia resgatou, no início da manhã da quinta-feira, dia 13, por volta das nove horas, o corpo de Alberto Luis de Oliveira, vulto “Nenê”, de 40 anos de idade, do sexo masculino, residente na cidade de Guaraci, que morreu na noite da quarta-feira, dia 12, vítima de afogamento num braço da represa do Rio Grande, local conhecido como ‘Ponte do Matadouro’, nas proximidades do porto de areia.

Consta que Oliveira teria sido jogado para dentro do canal por uma pessoa inicialmente identificada por André Soares de Souza, vulgo André Bocão, que o acompanhava.

No local, segundo foi apurado pelo Corpo de Bombeiros, a água tem cinco metros de profundidade.

Consta que ambos residem na Vila Camargo e estariam embriagados.

A polícia apurou inicialmente que por volta das 17h40 os dois conversavam em cima da ponte e André Bocão teria empurrado a vítima. O autor do empurrão fugiu do local e não foi encontrado.

O sargento César informou à imprensa local que havia várias pessoas sobre a ponte.

A viatura policial foi até ao local, mas apenas conseguiu obter junto a uma testemunha, o que havia acontecido e que ambos estavam embriagados.

No entanto, os policiais ainda não descobriram se o empurrão foi em decorrência de alguma brincadeira ou, se pode ter acontecido uma briga entre ambos.

Inicialmente, o caso está sendo tratado como sendo um homicídio culposo.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Guaraci e o inquérito é presidido pela delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega.

Na manhã da quinta-feira, a delegada já tomava depoimentos de pessoas que se encontravam no local na hora dos fatos.


Comentários - 0
Seja o primeiro a comentar
 
Ultimas Noticias
11 de Junho, 2019
Tema atual - 97
11 de Junho, 2019
O poder da sobrancelha bem cuidada - 108
11 de Junho, 2019
O CD Pedro Pedreiro / Sonho de um Carnaval - Chico Buarque de Hollanda está nas lojas - 92
11 de Junho, 2019
O filme Escola da Morta chegou - 99
11 de Junho, 2019
Bolinho de Batata - 118


Compartilhe: Facebook Orkut Twitter
       




























Site oficial do jornal Folha da Região de Olímpia | Fone: (17) 3281 6432
Desenvolvido por Infinity Web Sites